sábado, 22 de novembro de 2008

Consideração


A consideração é uma espécie de reconhecimento que as pessoas tem em relação a você e que você tem em relação aos outros. O ato de se ter consideração por alguém significa que você reconhece no outro a virtude, o esforço, a dedicação e mesmo que não tenha retorno da mesma forma, entende que é importante deixar claro que compreende isso na pessoa. É interessante perceber que por mais desgastados que estejam alguns valores hoje em dia, o que talvez tenha maior espaço na mente das pessoas é distinguir quem se considera e quem lhe considera. É como se você pudesse elencar àqueles com quem pode contar e que podem contar com você em uma relação de total reciprocidade. Porque considerar tem a ver com confiança, com apoio e com segurança.A confiança em saber que a pessoa não lhe julga, mas enxerga você como um ser humano. O apoio para as circunstâncias que você vive porque entende que as conquistas e as vicissitudes acontecem e sempre precisam de alguma palavra amiga para lhe parabenizar ou dar uma "força". A segurança de poder errar e mesmo assim saber que a pessoa estará lá para lhe ajudar a enxergar o erro e também para abrir o caminho com você para a mudança. Consideração é isso, é reconhecer. No mundo dos negócios, a consideração é um tesouro. Não é todo mundo que tem consideração pelos outros, porque não é apenas uma questão de valores pessoais, pois é um mundo muito competitivo.Cruzar a linha é muito fácil, em especial quando não há vantagens ou ganhos em retorno. É nesta hora que você percebe e entende quem tem consideração. Respeitar o ser que você é e que apesar de você estar em um ambiente profissional, saber enxergar que você é uma pessoa, merece toda a sua consideração. Então, a consideração é demonstrada nas atitudes. A atitude de entender, de contextualizar, de ouvir, de falar, de avaliar, de investigar e de perceber que as pessoas estão juntas nas ações; isto é consideração. Nunca se esqueça que você também tem de fazer a sua parte. Muito fácil esperar dos outros, mas na verdade o que importa é você ter consideração pelos outros, assim o caminho da reciprocidade se abre a sua frente. Mesmo nas situações mais adversas, nunca deixe de considerar os outros. Pense nos outros, como se fosse você. Assim você consegue entender e medir o que você fizer. Os seus valores como pessoa devem sempre falar mais alto. Nunca o contrário. Recear isto é bobagem. Ninguém vai muito longe agindo sem consideração, porque não vem de dentro. Mas o melhor a saber é que algumas decisões são tão importantes no processo de crescimento que podem significar sofrer ou crescer. Saiba que os caminhos de grande sucesso são àqueles que valem pelas pessoas.





(Sílvia Somenzi)

20 comentários:

Serginho Tavares disse...

hoje em dia ninguém mais tem consideração por ninguém!

Duda Martinez disse...

É Hugo, a falta de consideração é bem dolorosa mesmo.
Beijos

Leonardo Werneck disse...

Muito bom texto.

Obrigado pelo link e pela visita ao blog.


Abração

Gerly disse...

"A consideração é demonstrada nas atitudes", vc disse tudo!

Ótimo texto, gostei muitíssimo!

:o)

FRAN "O Samurai" disse...

Olá Hugo!

Consideração é algo difícil de se obter hoje pelas demais pessoas.

As pessoas tem a memória fraca e esquece muitas vezes de quem os ajudou e o ato de considerar alguém irá ao esquecimento.

Eu pelo menos tenho e sei quem merece consideração. Até as pessoas que me machucaram muito, eu tenho consideração pelas poucas vezes que me ajudaram.

Até eles eu os considero, mas eu não espero consideração deles. Apenas faço minha parte e o resto eu deixo a eles julgarem.

Parabéns pelo post.

Abraço.

Nanda Assis disse...

"considero" este blog, como um excelente blog. texto ótimo.

bjosss...

Cadinho RoCo disse...

Em tempo de tanto egoísmo esta publicação surge como verdadeira redenção, porque nunca é demais ser recíproco, nunca é demais considerar o outro, nunca é demais perceber que nunca estamos sozinhos e que sempre ´precisamos, e precisamos mesmo, de dar mostras do que somos e temos para quem gostamos e para quem demonstra afeição por nós.
Cadinho RoCo

Pelos caminhos da vida. disse...

Belissima postagem direcionada para quem não tem consideração nenhuma com a gente.

Estive ausente com minhas visitas,mas agora estou de volta,obrigado pela visita.

Tem post especial lá para vc.

beijooo

GuTh disse...

ei nego fiquei feliz em saber que gosta das minhas loucurasmé bom né estravazar o que sentimos de uma forma louca assim não nos prendemos em meio as problemas.

putz gostei dessa sua postagem,parece que vim no momento certo para ler,me fez pensar e repensar e ter mais certeza das coisas.gosto muito de vc.

abracao

bruh disse...

Obriiigado por passar no meu blog.
Que bom que gostou,teu blog também está muito bom...
Volte sempre =]
beijos

Germano Xavier disse...

Acabo de ter consideração por esse texto.

Abraço, meu caro.
Continuemos...

Cris Animal disse...

Coloco mais uma nessa lista do texto.....rs
Consideração ao planeta. Consideração ao planeta que faz parte de um sistema solar, de uma galáxia e que não nos pertence,...apenas usamos temporariamente.....
Um beijo pra vc.....Cris Animal

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Hugo:
Publiquei no Blog Galeria sobre 3 versões cinematográficas de Romeu e Julieta: 36, 68, 96. Depois dê uma passadinha no meu outro Blog onde publico sonetos de Shakespeare e outras obras do bardo:
http://poemasscancoes.blogspot.com
Um abraço,
Renata
Enquanto vc não me comentar, não o comento

Christi Xavier disse...

Olá Hugo,

Gostei muito do texto, reflexivo, muito interessante aqui seu espaço, tenho vindo ver novos post´s, sempre muito bons.
Fique com Deus.

Grande beijo,

Chriti

.::amandiinha tener::. disse...

o texto é muiito bom..
desculpa a minha ausenciia aquii.. sinto falta de voce no meu blog tambem e voce já estáa linkadoo a muiiiito tempo !

Beijos :*

Quase Trinta disse...

Muito bom o post.
Eu tenho consideração por muitas pessoas e considero um privilégio poder contar com elas em tempos como o de hoje e elas tb sabem que pode contar comigo.

bete disse...

Oi Hugo, desculpe que só agora pude retribuir sua visita, mas já estou anotando seu blogue no meu google readers, para te acompanhar. Apareça lá pelo meu, será sempre benvindo.

Abraços

O Profeta disse...

Sou palavra perdida no silêncio
Gerada no ventre do Mar
Grinalda de perdidos sonhos
O passado do verbo amar

Amei!
Voar na chegada de cada Primavera
Pintar de luz as cores do verão
Pisei o tapete das folhas de Outono
Acendi em cada inverno uma fogueira de paixão


Convido-te ao encontro com o meu “Eu”


Abraço

Deisy disse...

muito bom esse texto... ta dificil hoje em dia de se encontrar consideração entre as pessoas...


gostei de teu blog, se quiser da uma passadinha no meu...

bjim

Adriano Caroso disse...

Desculpe pela ousadia mas não resisti à tentação de publicar esse texto no meu blog. Claro que dando os devidos créditos. Parabéns pelo seu espaço vou linkar você agora mesmo.
Abração!