segunda-feira, 21 de março de 2011

Pai, me ajuda a olhar!


Diego não conhecia o mar. O pai, Santiago Kovakloff, levou-o para que descobrisse o mar. Viajaram para o Sul. Ele, o mar, estava do outro lado das dunas altas, esperando. Quando o menino e o pai enfim alcançaram aquelas alturas de areia, depois de muito caminhar, o mar estava na frente de seus olhos. E foi tanta a imensidão do mar, e tanto seu fulgor, que o menino ficou mudo de beleza. E quando finalmente conseguiu falar, tremendo, gaguejando, pediu ao pai: - Me ajuda a olhar!”
.
.
[Eduardo Galeano, in “O livro dos abraços”]
.
.
Foto: Pedro Casquilho - br.olhares.com
.

26 comentários:

Diogo Didier disse...

Ai que delicado! gostei da historinha...há uma linda reflexão por trás dela...

bjoxxxxxxxxxxxxx no coração!

Graça Pereira disse...

Meu Querido
Simplesmente lindo e emocionante!
É, nem toda a gente sabe "olhar"...e ás vezes é preciso mesmo ajuda e a de um Pai é oportuna e feliz. Beijo e boa semana.
Graça

Adriana H. Tavares disse...

BoA NOITE!!!
Meu nome é Adriana de Holanda Tavares, criei um blog junto com meu esposo para ajudar pessoas que precisam, maiores informações entra lá: chabebevirtual.blogspot.com precisamos que você contribua, com divulgação ou com um mimo... vai lá, como diz o poeta: FICA SEMPRE UM POUCO DE PERFUME NAS MÃOS DE QUEM OFERECE ROSAS, NAS MÃOS QUE SABEM SER GENEROSAS

Wanderley Elian Lima disse...

Lindo , lindo... Amei.
Bjão

Paulo Braccini disse...

Passando para dizer q voltei e agradecer o carinho de todos durante a minha ausência em viajem ... volto com calma para ver as postagens ... bjux

;-)

Sonia disse...

Muito bonito Hugo...


Um abraço!

Paulo Braccini disse...

Uma das coisas mais lindas q li nos últimos dias ...

sensibilidade pura ... obrigado por compartilhar ...

Fatima disse...

Achei tão lindo!
Bjs.

Lis disse...

Execelente Hugo
Vou salvar pra mim , gostei muito. rs

fique bem , abraço

Serginho Tavares disse...

lindíssimo
acho que é mais ou menos isso que todos tem quando veem o mar pela primeira vez!

Duda Martinez disse...

Hoje, comemora-se o dia internacional da água! Até quando a teremos???
Saudadinha de ti, garoto!
Beijosss

Vivian disse...

...lindíssimo!!

quantas vezes a beleza
nos desconcerta?

bj, querido!

Dil Santos disse...

Oi Hugo, tudo bem?
Menino, perfeito, rs.
Bjo

Xanele disse...

NOSSAAAAAAAAAAA Q LINDO...AMEI
BEIJOS XAN

Nilce disse...

É essa beleza que o mar desperta sempre que nos aproximamos dele.
Lindo Hugo.

Bjs no coração!

Nilce

Cacá - José Cláudio disse...

Isso é um olhar mais do que com os olhos apenas. É o olhar dos sentidos. Lindo, lindo, Hugo! Me lembrei do Pessoa:

"O meu olhar é nítido como um girassol.
Tenho o costume de andar pelas estradas
Olhando para a direita e para a esquerda,
E de, vez em quando olhando para trás...
E o que vejo a cada momento
É aquilo que nunca antes eu tinha visto,
E eu sei dar por isso muito bem...
Sei ter o pasmo essencial
Que tem uma criança se, ao nascer,
Reparasse que nascera deveras...
Sinto-me nascido a cada momento
Para a eterna novidade do Mundo..."

Um abraço. paz e bem.

Marcos Campos disse...

Que lindo isso Hugão !!
Bom finde pra vc !!

Valdeir Almeida disse...

Bom você ter postado esse texto. Muitas vezes, não basta presentear algo, é necessário, também ensinar a contemplar.

Abraços, Hugo.

Tiago Fagner disse...

Que lindo rapaz.

Um texto que ilumina o dia.

Abração!

Flor de Lótus disse...

Já conhecia o texto,mas com certeza é lindo demais sempre bom relê-lo, ajudar a olhar a imensidão do mar...
Um ótimo domingo!
Beijosss

O Profeta disse...

Calei a alma
Aprisionei o sentir deste estúpido coração
Mergulhei o corpo em agua dormente
E lembrei-me de uma esquecida oração

De quantas palavras se faz a melodia?
Para onde caminham os passos de uma criatura perdida?
O que será que pensa um homem caído?
Para que serve a verdade incontida?

Perdi a vela do meu barco de papel
Mil tempestades assolaram-me à alma
Abandonei o leme ao deus dará
E encontrei uma deusa em lágrimas, de perdida chama

Abraço

Alexandre Fernandes disse...

Tem momentos em que não dá para segurar a emoção.

Uma historinha muito singela e delicada. Muito bonita e doce.

Abraço!

@philipsouza disse...

Excelente historia para se pensar.

grande abraço...

Majoli disse...

LINDO
LINDO
LINDO
Meu querido Hugo, uma das coisas mais lindas que li nesses últimos dias.
Vou copiar e guardar para postar um dia lá no rabiscos.
Beijos com saudades.

Diogo Didier disse...

Cadê vc meu lindo??????????! tá fazendo falta na blogosfera viu?!

Bjoxxxxxx no coração!

Captain Zecca disse...

A visão da proporção da realidade na visão de uma criança, é totalmente diferente daquela de um adulto.