segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Educação



.
Não é possível refazer este país, democratizá-lo, humanizá-lo, torná-lo sério, com adolescentes brincando de matar gente, ofendendo a vida, destruindo o sonho, inviabilizando o amor. Se a educação sozinha não transformar a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda.

.
.

[Paulo Freire]
.
.

26 comentários:

Fred disse...

Fato. Sem eduação não acontece nada. Hugz, man!

Franck disse...

Entendo muito bem a mensagem deste post, sou educador e vejo isso de perto... Abçs!

Wanderley Elian Lima disse...

Muito bom. Concordo plenamente.
Bjux

Fatima disse...

Amém!
bjs.

Paulo Braccini disse...

Clap Clap Clap ... aplausos de pé?

bjux ao Hugo

;-)

Dani Brito disse...

É meu querido Hugo. Falta muita educação, muita mesmo.
E ela influencia em tanta coisa...principalmente a de berço.

Beijos!

Déia disse...

Só a educação pode nos salvar!

bj

Lua Nova disse...

Paulo Freire sempre foi um homem lúcido... nada mais a dizer, senão:
Bravo!
Beijokas.

Cacá disse...

Existia um dilema marxista (está num livro de cartas de Lenin, cujo autor é Maximo Gorki) acerca de uma revolução socialista onde ele (Marx) questionava se se fazia primeiro a revolução e depois cuidava da educação do povo ou se se preparava o povo com um processo educacional para depois se fazer uma revolução. Hoje, não meis havendo perspectivas de revoluções socialistas no horizonte mundial, eu não tenho a menor dúvida de que sem um pesado, intenso, profundo processo cultural/educacional, não se muda muita coisa. Veja que economicamente estamos crescendo. O progresso material infelizmente não é acompanhado de mudanças culturais. Meu abraço, Hugo. Paz e bem.

Nilce disse...

Perfeito, Hugo!

Ainda acredito na Educação e só nela como solução.

Bom feriado.

Bjs no coração!

NIlce

pedagogiadaalma disse...

Oi, Hugo
Tudo bem?
Muito feliz de visitar seu blog, bonito pensar o de Paulo Freire.

Beijos,
Marly

Will Monteiro disse...

Não me esqueço nunca que a primeira redação que fiz na 5ª série tinha o seguinte tema: 'os alunos estão trocando as carteiras pelas cadeias' acredito que não tinha muita noção de toda a realidade que esse trocadilho refletia. É tão triste ver crianças brincando de ser bandido. Entrando nessa vida cada vez mais cedo. =/
ótimo post Hugo.
=*

Flor de Lótus disse...

Meu caro Huogo!Concordo contigo em gênero número e grau, sem o devido investimento em educação o Brasil nunca será um país de verdade, de nada adianta bolsa disso e daquilo se só tapamos o sol com a peneira e não se dá o devido valor a educação,mas os políticos pensam como alguém sabiamente uma vez disse "quanto mais burro um povo mais fácil é dominá-lo".A prova disso é nosso presidente que se vangloria de não ter estudado nada e ser o homem de maior poder da nação...
Para ser gari é necessário ter o 1º grau completo para ser político a criatura não precisa sequer saber assinar, ou melhor, desenhar seu nome.
Um ótimo ferido!
Beijosss

Marliborges disse...

E essa turma que está no poder, por acaso dseseja um povo educado, que não possa manipular? Evidente que não, daí o caos no sistema educacional. Paulo Freire sempre teve razão, pena que no início de sua vida tenha feito associações com pessoas erradas, que em nada contribuiram para dinamizar a educação que ele desenhou. Aliado a isso a lei tirou dos currículos a disciplina que ensina a pensar. Resultado: seres "não-pensantes", adolscentes que brigam por perfumarias e esquecem o principal. Totalmente manipuláveis e manipulados. Ih, vou parar, senão me empolgo. Adorei conhecer teu blog. Bjsssss.

Solange disse...

palmas....
palmas....

e, se cada um fizer um pouquinho por um mundo melhor, ainda mais promissor será o amanhã...

beijo querido....

Solange disse...

palmas....
palmas....

e, se cada um fizer um pouquinho por um mundo melhor, ainda mais promissor será o amanhã...

beijo querido....

Renato Orlandi disse...

Assino em baixo!

Sil.. disse...

O Freire sabe do que esta falando.

Palmas a ele, e a você Hugo, pelo post.


PS: Eu sou fã do seu blog!

Beijoooo

Adriano disse...

Educar é tornar capaz.

Quem não aprender a educar um filho terá sua missão preenchida pelas ruas e pela TV.

E a pergunta que não quer calar: investem em creches, em casas de recuperação e até em presídios... mas por que não colocam um centavo no serviço social para o ensino da educação através da família?

A família brasileira está despedaçada, desestruturada e sem alicerce para criar um filho. O futuro que nos espera é ruim, é preciso agir a tempo. É preciso ensinar os pais a educar seus filhos, não apenas a amamentar e trocar suas fraldas. Super Nanny mostra na TV o que não é exagero: pais completamente perdidos e sem nenhuma capacidade para educar uma criança.

INSIGHT!! Tá aí a sugestão para constituir uma ONG: Palestrar para futuras mamães sobre a dura missão de criar um filho e oferecer palestras de aconselhamento para lidar com cada etapa da infância dos filhos.

Forte abraço, Hugo!
Adriano Berger

Daniel Savio disse...

Concordo, mas nunca a educação sozinha que vai conseguir mudar um pais, o povo também tem de querer fazer isto...

Fique com Deus, menino Hugo.
Um abraço.

Mahria disse...

A educação é a base. Por isso alguns gonvernantes não tem intesse algum para investirem em educação. Eles não querem transformação.


Bjs Hugo
Bom feriado

Mah

lis disse...

Um povo sem uma educação de qualidade não tem capacidade pra escolher quem o governará.
Fico triste com a educação do nosso País, com o descaso com os professores.
Tomara todos se conscientizem da importância da educação na vida dos jovens e das nossas crianças.

abraços Hugo

Sônia disse...

A mais pura verdade!

Lívia Azzi disse...

E educação deveria começar em casa!

Um beijo!

garoto cientista disse...

Maravilhosa a figura, carregada e sobrecarregada de significado, completando com teu texto, concordo contigo, se há uma saída essa passa diretamente pela formação das novas gerações.

Gislene disse...

Que blog lindo!
Parabéns!
E Paulo Freire é genial!
Até!