quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Ultimatum

No meu segundo show da Maria Bethânia em Salvador-Ba, após uma música leve e romântica, ela começou a recitar esse poema Ultimatum de Álvaro de Campos, que esta no mais novo Cd ao vivo - Dentro do mar tem rio. Foi um momento singular em minha vida. Nunca pensei em Bethânia recitar um poema brilhante e forte como este. A platéia toda ficou maravilhada, o Teatro Castro Alves ficou parado e somente ela e sua grande voz existiam. A interpretação mais linda e verdadeira que já assistir em minha vida.
Depois desse dia passei a usar o poema em minha atividade docente. E ontem, em um encontro pedagógico com professores eu interpretei o poema - Ultimatum... Nossa por um momento eu fui a Maria Bethânia...

Espero que gostem do poema.


Mandado de despejos aos mandarins do mundo
Fora tu, reles esnobe plebeu

E fora tu, imperialista das sucatas
Charlatão da sinceridade
E tu da juba socialista, e tu qualquer outro
Ultimatum a todos eles
E a todos que sejam como eles
Todos.

Monte de tijolos com pretensões a casa
Inútil luxo, megalomania triunfante
E tu, Brasil, blague de Pedro Álvares Cabral
Que nem te queria descobrir.

Ultimatum uma voz que confundis o humano com o popular
Que confundis tudo
Vós, anarquistas deveras sinceros
Socialistas a invocar a sua qualidade de trabalhadores
Para quererem deixar de trabalhar
Sim, todos vós que representais o mundo
Homens altos
Passai por baixo do meu desprezo


Passai aristocratas de tanga de ouro
Passai Frouxos
Passai radicais do pouco
Quem acredita neles?
Mandem tudo isso para casa
Descascar batatas simbólicas
Fechem-me isso tudo a chave
E deitem a chave fora
Sufoco de ter só isso a minha volta
Deixem-me respirar
Abram todas as janelas
Abram mais janelas
Do que todas as janelas que há no mundo.



Nenhuma idéia grande
Nenhuma corrente política
Que soe a uma idéia grão
E o mundo quer a inteligência nova

Sensibilidade nova
O mundo tem sede de que se crie
Porque aí está a apodrecer a vida
Quando muito é estrume para o futuro
O que aí está não pode durar
Porque não é nada


Eu da raça dos navegadores
Afirmo que não pode durar
Eu da raça dos descobridores
Desprezo o que seja menos
Que descobrir um mundo novo

Proclamo isso bem alto
Braços erguidos
Fitando o Atlântico
E saudando abstratamente o infinito...


Álvaro de Campos, 1917 __________(Edição de Maria Bethânia)

16 comentários:

Duda Martinez disse...

Amado, que coisa mais linda! Pena que eu não pude assistir você a declamar esse poema!!!
Adorei!
Beijosssssssss

Pelos caminhos da vida. disse...

Lindo amigo,gostei.

Obrigado pela sua visita.

Bom fim de semana.

bjs.

FRAN "O Samurai" disse...

Olá amigo!

Belo poema! Belas palavras!

Gosto de Maria Bethânia! É um grande ícone da nossa querida MPB. Mas por falar em show, sou fascinado por Marisa Monte e me recordei do último show que fui aqui em Sampa para vê-la...

Marisa Monte é magnífica. Sem comentários. Marisa ao vivo é a mesma coisa que colocar um CD de música em alto e bom som, que voz poderosa!

Gosto das cantoras brasileiras, são ótimas. Bethânia, Marisa Monte, Vanessa da Mata, Ana Carolina entre outras.

Belíssima postagem sua.

Abraço e fica com Deus!

Serginho Tavares disse...

eu assiste esse show dela: dentro do mar tem rio
adorei

Olavo disse...

Belissimo poema..muito bonito..
Sou suspeito em falar dela..pq adoro Bethania rs..
belo blog
abraço

Cris Animal disse...

Legal...muito legal!
"Sensibilidade nova
O mundo tem sede de que se crie
Porque aí está a apodrecer a vida
Quando muito é estrume para o futuro
O que aí está não pode durar
Porque não é nada"

E vamos brincando de governar!....rs

beijo pra vc !

Pelos caminhos da vida. disse...

Obrigado pela visita.

Bom domingo.

bjs.

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Amigo... Adorei o poema nunca o tinha lido... Beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Pavón disse...

Deve ser Mágico ir a um Show dela, mas especialmente interpretá-la com esse lindo poema....

Abraços

Marcos Freitas disse...

Lindo poema.

Bell Bastos disse...

Que bom que você gostou do texto! =DD

Gostei muito do poema também. ;D

.::amandiinha tener::. disse...

O poema é lindo.. e brigada pela força :D

beiijos :*

Pelos caminhos da vida. disse...

Passando aqui para deixar um abraço e um bom dia para vc.

bjs.

Melsavinon disse...

Gostei muito de passar por aqui!
Beijos

Anônimo disse...

I found this site using [url=http://google.com]google.com[/url] And i want to thank you for your work. You have done really very good site. Great work, great site! Thank you!

Sorry for offtopic

Anônimo disse...

Who knows where to download XRumer 5.0 Palladium?
Help, please. All recommend this program to effectively advertise on the Internet, this is the best program!