domingo, 28 de outubro de 2012

Depois do Crack



Foto tirada pelo fotógrafo Osman Said, em Salvador-Ba. E ele conta que esta criança passa o dia na porta da farmácia pedindo dinheiro aos turistas para comprar leite em pó. Depois, vende o leite pela metade do preço para mulheres pobres que precisam alimentar seus filhos. Com o dinheiro da venda, o menino compra pedras de crack. 

Fonte: Foto encontrada aqui


5 comentários:

Carla disse...

Que triste...

E ele tem ética, afinal cumpre o que promete (comprar leite) e ainda acaba beneficiando as mães pobres que compram o leite mais barato...

Mais triste ainda saber que como ele há incontáveis crianças e adolescentes no Brasil inteiro presas a este veneno!

Um abraço

Vanessa Barbosa. disse...

Eu sinto um amargor quando vejo cenas assim. O pior de tudo é que nós, de um jeito ou de outro contribuímos para a situação.

Já vi pessoas conviverem anos com o vício a maconha, construirem família, profissão, uma vida. Mas não posso dizer o mesmo do crack, ele absorve todas as forças que um ser humano pode ter, e o que sobra é para isto, apelar, lutar para alimentar o vício.

jair machado rodrigues disse...

Olá Hugo, espero que estejas bem...beleza e crueldade, como resumo esta foto. Bela porque é uma bela foto (gosto muito de fotografia), e cruel é a vida deste menino, de uma crueldade cortante de tão triste e sem perspectiva dele com sua vida e de quem deveria (Estado ?). O fato é que tu tocaste numa ferida que apodrece e cresce, cada vez mais, neste nosso país.
ps. Meu carinho meu respeito meu grande abraço.

Flor ♥ disse...

Saudade de passar por aqui...
Triste imagem, tão próxima a nós, aqui no RJ também, onde as crianças se perdem nesse vício tão mortal.

Bjs.

Ro Fers disse...

Lamentavel a cena...