sábado, 16 de julho de 2011

Brilho eterno de uma mente sem lembranças...




Nunca fui de retratar meu cotidiano real por aqui, até por que, sempre utilizei músicas, poemas, frases, textos e imagens, para poder descrever minhas emoções. Mas, hoje, lembrei do trágico e doloroso período que passei em minha vida, e então resolvi dividir com vocês, até por que vocês contribuíram muito indiretamente para minha recuperação...Vejam a seguir.
.
No dia 03 de maio de 2009, fraturei o fêmur da perna direita em um acidente de moto. Nunca pensei que minha vida iria mudar tanto, após aquela tarde. Assim que cair e percebi que tinha muitas pessoas me socorrendo, não sentir dores e nem mesmo pensei na minha situação. O meu pensamento foi direto em minha mãe, sim, em minha mãe; na decepção que estava causando a ela, no que ela iria falar, na culpa eterna que iria carregar.  Só fui perceber que tinha fraturado a perna no momento que o radiologista me mostrou o raio x e disse: “você vai ter que fazer uma cirurgia agora...”  Foi quando despertei e comecei a gritar de dor; a minha fratura não foi exposta porém, foi grave pois tinha fraturado o fêmur em vários lugares.
 .
Até então, minha mãe não sabia do meu acidente, pois estava em outra cidade circunvizinha, mas logo após a notícia, ela apareceu no hospital e ao entrar na sala de observação o olhar dela foi tão intenso, tão revelador, que não necessitou de palavras. Suas atitudes foram mais que especiais durante todo o meu processo de recuperação, pois, ela foi e é o meu porto seguro.
.
Fiz a cirurgia um dia após o acidente, coloquei uma placa e dez pinos. [esse raio x foi quando completei 5 meses de cirurgia]. Após dois dias estava em casa e começou então todo processo de recuperação.
 .
A minha vida mudou por completo. Era um jovem muito ativo, cheio de energias, tinha dois empregos, todos finais de semanas em baladas, barzinhos... E de repente, estava acamando sem poder caminhar, sem poder abrir a porta da rua para o meu cachorro, sem poder fazer muitas outras coisas que tanto amo fazer.  Tudo mudou: perdi um dos empregos e perdi todas as pessoas que me cercavam e se diziam serem meus amigos. Quando me dei conta disso tudo, chorei muito, entrei em pânico...foi quando ouvir uma música que meu irmão estava escutando no quarto dele, que diz: 

Todos vivemos dias incríveis
Que não passam de ilusão
Todos vivemos dias difíceis
Mas nada disso é em vão
E as cicatrizes dessa história mal escrita
Se converteram no aprendizado da reconstrução
.
[Beco Sem Saída, do Charlie Brown Jr.]
.
O trecho dessa música marcou muito toda minha recuperação. Foram muitos dias com dores na perna, que mesmo os mais fortes medicamentos pra dor, não fazia parar...Fiquei durante 15 dias acamando, tomando banho e fazendo as refeições na cama. Ao meu lado somente a minha mãe e meu irmão: as únicas pessoas que pude contar, e que durante o processo de recuperação nunca se negou em fazer nada para me ajudar...Por muitas vezes, acordava meu irmão para ele pegar água pra tomar, pois até isso, fiquei limitado. 
.
Após os 15 dias acamando e com a liberação médica, comecei a fazer fisioterapia em uma cadeira de rodas. Começou então outra fase, novos desafios, encarar meus vizinhos, colegas de trabalhos e outras pessoas, te olhando com pena, foi um desafio grandioso. E se passaram 02 meses até sair da cadeira de roda e ir pra moleta. Passei mais 07 meses com o par de moletas. Porém, no terceiro mês de recuperação voltei ao trabalho, o que melhorou minha autoestima. 
.
Quando completei 09 meses, o medicou liberou a descarga de peso e com ajuda dos meus fisioterapeutas, comecei a avançar. Só que tinha um problema: o meu osso tinha parado de calcificar e o calo ósseo estava demorando demais para se formar, o que segundo o médico era um risco que sofria, pois minha placa poderia quebrar a depender da situação. 
.
E com 01 ano após a minha primeira cirurgia, no dia 28 de julho de 2010, tomando banho, escorreguei e quebrei a placa...Por um minuto pensei: vou recomeçar tudo novamente e então chorei tanto ainda dentro do banheiro. Logo fui socorrido pelo meu irmão que me colocou deitado na cama com a ajuda de minha mãe e logo após acalmar toda aquela tensão, ele mais uma vez colocou uma música que diz assim: 

Histórias, nossas histórias
Dias de luta, dias de glória
.
[Dias de Luta, Dias de Glória, do Charlie Brown Jr.]
.
Passei então, por outra cirurgia, mas não com a mesma complexidade que a primeira, pois só tinha quebrado a placa. Durante a cirurgia o médico realizou um enxerto ósseo, o que fez avançar o processo de recuperação e graças a DEUS logo após o segundo mês, comecei a descarregar o peso da perna.
 .
Hoje, estou andando devagar, é claro, e melhorando a cada dia, treinando e fortalecendo a musculatura da perna, para logo mais voltar a correr. Mas, no dia 30 junho, meu médico emocionado ao ver meu último raio x, disse: “você está liberado para recomeçar sua vida...voltar a fazer tudo que você sempre fez”.
.
Fiquei super feliz...E então lembrei de todos os momentos de dores, tristezas e solidão que passei, onde na maioria das vezes, vocês amigos blogueiros que levantam minha autoestima sem saber da situação que estava vivenciando. E por isso, agradeço a todos vocês que indiretamente, contribuíram para minha recuperação. Pois, não é somente o físico que é abalado durante um acidente, e sim o emocional. Obrigado.

.
.
"Sem lenço, sem documento
Nada no bolso ou nas mãos
Eu quero seguir vivendo...Eu vou"

.


Depois da tempestade, caminhar tornou-se algo precioso em minha vida...
.


"Agora sou a prova viva de que nada nessa vida
É pra sempre até que prove o contrário..."
.

25 comentários:

Hugo de Oliveira disse...

Amigos,

Todas fotos dessa postagem, são todas do meu arquivo pessoal.

luz e paz

Beijos

Lis disse...

Oi Hugo
Faz um tempinho que nao venho aqui, saudades de ti.
Estou fora de casa e com franquia pequena e alguns blogs mais compactos nao consigo acessar. Hoje consigo vir até voce ,um amigo que nao esqueço!
Bonito relato de superação e força Hugo
Parabéns! e as fotos estão ótimas, voce está muito bem, é ótimo conhecer os amigos geralmente tão invisíveis rs
um grande abraço

Cora disse...

Hugo, fiquei emocionada com sua história.
Não poderia imaginar que algo tão dificil estava passando!
Fico muito feliz que tenha tido sua mãe e seu irmão para te ajudar, e que juntamente com eles tenha superado este obstáculo.
Fico ainda mais feliz porque você nos contou com tamanha alegria que é possível sentir daqui...*))
Já assistiu aquele vídeo do filtro solar narrado pelo Pedro Bial? Se não, ele diz que no final a família é de fato com quem podemos contar!
E quando digo família não digo de laços consanguíneos.

Só posso desejar muita luz na sua caminhada, que de agora em diante você possa de fato semear todo o amor que já lhe foi dado pelos anjos que Deus colocou em seu caminho!
Um beijo,
Cora.

Vivian disse...

...Hugo querido,
teu exemplo é um exemplo
a ser seguido por todos
nós.

nunca em tempo algum
desistir da luta que
à nós vem destinada.

vc é um guerreiro e eu
te 'lovu' muito.

bjs, alma LINDA!

Lúcia Soares disse...

Hugo, sinto-me feliz em saber que contribui, um pouquinho que seja, para diminuir sua solidão, a falta dos "amigos" que se foram, sua dor.
Graças a Deus por mães como a sua, e irmão, que honram os laços de sangue.
Sempre que precisar, conta comigo, mesmo à distância. Meu e-mail está no blog, no post de "despedida" (acho que um dia volto...rsrsrs).
Beijo e feliz vida nova!

Carla Fernanda disse...

Hugo querido graças a Deus que tudo terminou bem. Alguns não têm tanta sorte e entram na vida para a história sem a perna mesmo.
Beijos!!
:D
Carla

garoto cientista disse...

Meu querido amigo, todos temos nossas batalhas pessoais, nossos desafios. É emocionante ler tua tragetória e poder aprender comtua força e coragem. Parabéns e muito nucesso em tua jornada.

Amanda Tener disse...

Fiquei bem emocionada com a historia, muita gente teria desanimado e tal, mais você foi forte e superou... Parabens!
As vezes é bom quando essas coisas acontecem, voce vê realmente quem tá do seu lado o tempo todo, ou só aquelas pessoas que são tipo sombras, que só tá com voce quando o seu sol tá brilhando...

ficou linda as fotos (:

Beiijinho :*

Ro Fers disse...

Cara, a cada trecho, cada palavra, eu sentia uma dor, cujo me coloquei em seu lugar, visto que moto faz parte de minha rotina, pois notei o quanto foi difícil pra ti, até me emocionei em ler seus relatos, visto que infelizmente o ser humano é tão egoísta, pois quando precisamos, só podemos contar com nossa familia....
Cara, tu é um vitorioso, um ser abençoado por Deus, pois lutou a cada dia com Fé e otimismo e alcançou essa benção divina...
Bacana as fotos, lugar lindo, e nada melhor do que caminhar na areia após ter passado por tudo que tu passou...
Sucessos em sua vida mlk....
Forte abraço!

Paulo Braccini - Bratz disse...

voltando à ativa depois de alguns dias viajando ... saudades queridão ... super legal esta sua forma de revisitar sua história ... Sem Lenço Sem Documento tb marcou fase de minha vida ...

bjão

Flor de Lótus disse...

Oi,Hugo!Nossa que emocionante, já te acompanho há 1 ano e nunca imaginei que tu estivesse passando por isso,mas é bom saber uqe faço parte dessa história e da tua recuperação.Nessas horas que vemos com quem realmente podemos contar.E que bom que a tua mãe e teu irmão estiveram sempre do teu lado.
Na vida nada acontece por acaso e se tudo isso aconteceu foi para que aprendas a dar ainda mias valro para as coisas pequenas e simples da vida.
Fica com Deus e caminhe sempre contra o vento, sem lenço e sem documento....
Beijosss

Evanir disse...

Que Deus abençoe você
e a mim também.
Que a nossa amizade tão linda
nunca chegue ao Fim.
Que a paz que trago no
peito seja cada dia maior.
Que sinceridade seja
minha maior virtude
Que o amor que sinto no coração
seja tão grande
o maior que uma pessoa pode ter.
Que sua semana seja uma
benção Divina.
Com carinho beijos no coração,,Evanir..

CYWMARA WADISQUY disse...

MOMENTOS DIFÍCIL...PELO QUAL PASSOU...mas minha mãe sempre diz, que no final só fica a família mesmo, espero que tenha mesmo se recuperado das feridas expostas e as internas, e quero deixar aqui meu apoio SEMPRE QUE PRECISAR VISSE..TAMO AKI \o/

XEROOOOOOO LINDO

http://cywmara.blogspot.com

Carlos Henrique Vieira disse...

Mais incrível que o texto é o seu exemplo de superação, parabéns pela força e pela coragem. Muito axé e felicidades no novo capítulo da sua vida que se inicia agora uma pessoa que venceu um dos maiores desafios impostos pela vida.

Abraço.

Ro Fers disse...

Cara, eu achei tão impressionante sua história de vida, que hoje reli novamente.
Muito complicado...
Sucessos...
Forte abraço!

Mahria disse...

Nossa vc nunca deixou transparecer em seus posts, sua condição anterior. Graças a Deus que passou, você venceu e é bonito de ver que reconhece e dar valor a quem não te abandonou.


Bjs
Mah

Diogo Didier disse...

Fiquei surpreso com a revelação da sua história de vida. Na realidade, eu desconfiava que o seu sumiço na blogosfera era resultado de algum acontecimento muito importante.

Fico aliviado e MUITO feliz em saber que agora vc esteja se recuperando bem e voltando para a sua rotina de vida. Sabe amigo, às vezes certos acontecimentos ocorrem para testar a nossa fé na vida e nas pessoas que realmente amamos. E vc conseguiu provar com maturidade que é capaz de superar qualquer obstáculo.

PARABÉNS pelo exemplo de vida e de dignidade...bjoxxxxxxxx no coração!

Machado de Carlos disse...

Fiquei muito surpreso com o seu relato e emocionado. O meu blog é muito antigo, não recebia poucas visitas, mas você estava lá, deixando os seus recados. Num certo período notei a sua ausência e, agora entendo as razões da sua ausência. Passar por um sofrimento assim é terrível.
Pouco antes do seu acidente sofri dois, um em abril de 2007, em que acordei de um coma no hospital. Ganhei duas placas no rosto, além da quebra da clavícula esquerda. A seguir, no mesmo ano, agora em agosto, outro acidente, outro coma, que me levou a outra cirurgia na cabeça para retirada do coágulo.
Meus acidentes, apesar de serem fatais, tiveram recuperação rápida.
Mas sempre me lembro das suas visitas em meu blog, até então desconhecido.
Abraços,
Fique bem!

Maggie May disse...

apoio, carinho, cuidado é fundamental para alguém sempre!

Pelos caminhos da vida. disse...

Estive tempo ausente da net Hugo, não sabia que vc amigo tinha passado por tudo isso, emocionei com seu relato, a vida nos prega cada lição hein amigo, linda sua família, sempre pensei assim: amigos de verdade só sabemos quem são qdo estamos passando por um longo túnel escuro.

Vc venceu amigo.

Um gde abraço.

beijooo.

Maria Dias disse...

Olá,

Bem pra começar quero dizer q isto aqui foi um belo testemunho de q com persitência se vai ao longe...Além do mais vc teve muito carinho e apoio de sua família o q foi o mais importante...Os amigos q se foram pq vc nao podia mais acompanha-los foi só uma filtragem em seu circulo de amigos(a qualidade é sim o q mais importa).Parabéns vc venceu e se ficaram as cicatrizes elas servem só para te lembrar q vc sobreviveu...

Suas fotos estão lindas...vc está lindo e leve!

Beijos

Maria Dias

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Caro amigo

As histórias
que nos constróem,
são preciosas.

Falam de alegrias
e de dores,
nem maiores, nem menores
que a de outras vidas,
pois não há,
como se comparar vidas,
quanto mais dores.

Mais o bom é saber,
quem está ao nosso lado,
inspirando a fé
em tempos melhores,
e a certeza
de um presente melhor.

Que os sonhos te envolvam
a vida, sempre...

Evanir disse...

Estamos distantes e ao mesmo tempo tão perto..
A amizade
que nos une pode vencer todas as distâncias.
Ela sim é mais forte que o tempo.
No decorrer da nossa existencia se vacilamos
em alguma coisa.
Seus verdadeiros amigos estão ali sempre
a seu lado mesmo se o Mundo conspire
contra você.
Hoje quero deixar um abraço através dessa telinha e dizer
te amo linda amizade por tudo que representa na minha vida.
Um beijo carinhoso,Evanir.
Tem o presente na postagem.
Amigos Para Sempre.

Lucas disse...

Tenho ctz que hoje vc é 1 pessoa mais forte, nao pq se recuperou ou está andando, mas pq descobriu as pessoas que verdadeiramente te amam...

de valor nelas cara, não pq vc deve algo para elas por todos esses cuidados, mas pelo amor delas tao raro
vivi isso na pele do seu irmão, n esperamos nada em troca, mas 1 obrigado cai bem

abraços
melhoras e conte comigo

Cacá - José Cláudio disse...

Oi, Hugo! realmente não sabia dessa história quase trágica. Mas fico imensamente felizz com sua recuperação e com sua determinação para retomar a normalidade. Que Deus continue iluminando-o e provendo a sua saúde cada dia melhor. Meu abraço fraterno. paz e bem.