sábado, 30 de abril de 2011

IBGE: 60 mil declaram viver com pessoa do mesmo sexo


Sessenta mil brasileiros declararam viver com cônjuge do mesmo sexo no Censo 2010. Foi a primeira vez que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) levantou em todo o País o número de casais gays. "É natural que ocorra subnotificação quando questões são tratadas pela primeira vez", comentou o presidente do órgão, Eduardo Nunes.
.
Em 2007, o instituto incluíra a pergunta em uma contagem parcial realizada em municípios com até 170 mil habitantes. No Censo 2010, a maior concentração absoluta de casais formados por pessoas do mesmo sexo foi verificada na Região Sudeste (32.202).
.
Nunes citou o aumento do número de pessoas que se declararam pretas nos últimos levantamentos para explicar o que poderá ocorrer em relação aos casais do mesmo sexo nas próximas pesquisas. "A declaração da proporção de população preta aumentou bastante, não porque aumentou a fecundidade nesse grupo, mas porque o sentimento de pertencimento cresceu, e a consciência é maior. Quanto maior é a consciência, maior é a resposta afirmativa", declarou o presidente do IBGE. "É certo que nos próximos censos esse número tenderá a aumentar, o que não significará dizer que haverá mais casais do mesmo sexo se unindo", acrescentou.
.
Para o presidente do IBGE, o reconhecimento é maior à medida em que legislação brasileira se adapta às novas situações, com mudanças no imposto de renda, na Previdência Social e em seguros saúde prevendo direitos para casais do mesmo sexo. "Ao se perceber que esse direito é uma conquista de fato, também do ponto de vista social teremos mais informação".
.
O número de 60.002 casais representa 0,16% do total de cônjuges do País. A Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais realizou, durante coleta de dados do Censo, uma campanha para que os homossexuais declarassem sua condição. O tema da campanha era: "IBGE: se você for LGBT, diga que é!".
.
.
Por Wilson Tosta e Felipe Werneck Agência Estado
Disponível aqui

14 comentários:

Glorinha L de Lion disse...

Oi Hugo eu ouvi um debate sobre esse assunto. Isso é muito bom! Quando as pessoas se reconhecem, isso as torna visíveis ao olhar do outro. Pra ser aceito, em qq esfera ou sentido é preciso sair do armário...seja em termos de raça ou sexualidade. Reconhecer-se e assumir-se é o primeiro passo pra que os outros assumam e aceitem tb! Um grande passo rumo à destruição do preconceito! Grande Hugo, beijão,

Flor de Lótus disse...

Oi,Hugo!Ainda bem que as pessoas estão começando a se assumir isso é muito bom,é como a questão religiosa, o Brasil só é considerado o maior país catolico do mundo porque as pessoas não admitiam que eram da umbanda ou outra religião qualquer.
Cada um tem que ser o que é e livre para fazer suas escolhas.
Beijosss

Lis disse...

Oi Hugo
Isso também é exercer a cidadania, a liberdade e o direito de existir como verdade.
Daí , cada familia irá se constituindo de forma harmoniosa na sociedade.
É o que queremos todos.
Um abraço e obrigada pela companhia nesses dois anos que o flor de lis completa hoje.
Voce faz parte .
um abraço

olhar disse...

O máximo! Adoro os gays , tenho muitos amigos gays e dou sempre todo o apoio!

Huguinho querido, estou sempre por aqui, mas sei lá o porque, mas quase nunca consigo comentar...deve ser incompatibilidade de computadores!

beijos querido e ótimo domingo!!

Bia

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Hugo
Acredito que esse número seja bem menor do que a realidade, mas de qualquer forma já foi um grande avanço ser publicado.
Bjux

Vanessa Barbosa. disse...

Hugo meu querido eu estou de volta a blogsfera, muito feliz por voltar ao meu cantinho e reecontrar os amigos. Seu blog está mais legal a cada dia e gostei da cara nova (pra mim que estava em off por um tempo).

Voltaremos as nossas parcerias e experiencias bloguísticas? Um beeijão viiu ;*

divinaefeminina.blogspot.com

Vanessa Barbosa. disse...

Hugo meu querido eu estou de volta a blogsfera, muito feliz por voltar ao meu cantinho e reecontrar os amigos. Seu blog está mais legal a cada dia e gostei da cara nova (pra mim que estava em off por um tempo).

Voltaremos as nossas parcerias e experiencias bloguísticas? Um beeijão viiu ;*

divinaefeminina.blogspot.com

Nilce disse...

Oi Hugo, saudades de ti.

Ainda bem que estamos, nem que seja aos poucos, assumindo nossas verdadeiras posições dentro desta sociedade cheia de preconceitos.
Isso pode ajudar para que a paz seja concreta entre todo ser humano, o valor que cada um tem independente de suas escolhas, cor ou raça.
É inaceitável que ainda haja diferença marcada e não assumida por medo de represálias.
Afinal, quem é melhor que quem?

Bjs no coração!

Nilce

Vivian disse...

...esta abertura dá espaço
para que todos sejam iguais
perante a nação, ou até o
mundo.

bj, lindo!

Cora disse...

Hugo, saudades daqui!

Creio que meu comentário esteja adiantado uns 20,30 anos mas...acho que estamos caminhando para um país de primeiro mundo!
;)

Cora.

Graça Pereira disse...

Olá Hugo
Estou de acordo com o Wanderley, este é um nº muito abaixo da realidade, contudo, foi o primeiro passo a caminho de uma maior liberdade de consciências e vidas.
O próximo consenso, já será muito mais aberto e esclarecedor.
Beijocas e bom domingo.
Graça

Alexandre Fernandes disse...

Acho bom que estejamos evoluindo neste sentido. Que fique claro a situação de todo mundo e acabe de vez com as convenções preconceituosas que ainda restam por aí. Afinal, todos somos iguais. Somos seres humanos. A condição de vida de cada um é um direito que cada indivíduo tem sobre si mesmo. E todos somos cidadãos. Não podemos ficar privados de viver o que somos ou mesmo esconder.

Esta atitude abre um importante capítulo no crescimento do país. Quem sabe, com a diminuição progressiva do preconceito.

Abraços!

Gilson Alves disse...

òtima postagem Hugo!
acredito na expectativa de que o numero tende a aumentar... Talvez seja um pequeno passo para uma sociedade menos preconceitosa com os homosexuais.

Maria Dias disse...

Queria dizer q todos temos o direito e dever de sermos verdadeiros e fiéis principalmente a nós!Os homosexuais estao se unindo e descobrem q unidos podem muito mais...Quanto a postagem acima, concordo e queria dizer q, toda forma de amor vale a pena!

beijo

Maria