segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Nós vos pedimos com insistência:

Gay agredido por marginais em São Paulo

.
Nós vos pedimos com insistência:
não digam nunca
isso é natural.
Sob o familiar,
descubram o insólito.
Sobre o cotidiano,
desvelem o inexplicável.
Que tudo o que é considerado habitual
provoque a inquietação.
Na regra, descubram o abuso.
E sempre que o abuso for encontrado,
encontrem o remédio.

.
[Bertolt Brecht]


.

32 comentários:

Lúcia Soares disse...

Hugo, para mim não há explicação possível.
São animais irracionais e feras os que agem assim.
Não gosto nem de ler as reportagens que falam disso.
Mas não podemos nos calar, nem fingir que não nos afeta só porque não é conosco.
Enquanto esses monstrinhos forem soltos, vão continuar praticando esses atos abomináveis.
Bj

Mariana disse...

Fatos triste como este devem ser denunciados e repudiados.
Somos tds seres humanos, todos merecem respeito.
Ser "macho" nunca foi e nunca será a garantia de ser melhor q gay.
A importância está no caráter e nunca na maneira de amar entre quatro paredes, se é do sexo oposto ou do mesmo.
Viva as diferenças...
E reprovação aos covardes e pobres de espírito.

Mariana disse...

Fatos triste como este devem ser denunciados e repudiados.
Somos tds seres humanos, todos merecem respeito.
Ser "macho" nunca foi e nunca será a garantia de ser melhor q gay.
A importância está no caráter e nunca na maneira de amar entre quatro paredes, se é do sexo oposto ou do mesmo.
Viva as diferenças...
E reprovação aos covardes e pobres de espírito.

Afrodite disse...

Muito bem!
Apoiado!
Abaixo a HOMOFOBIA!
Posso levar esse selo que tem no fim da postagem pra estampar o blog?
Beijo!
Afrodite

Serginho Tavares disse...

até quando?

Mylla Galvão disse...

Hugo,
Eu acho isso de uma ignorância só!
Quem faz isso, quer mais é chamar a atenção para si. quer fama da forma mais radical.
Quem faz isso não honra nem a si próprio e nem a sua família.
Quem faz isso é um ser irracional, preconceituoso e tem q ser isolado do convívio da sociedade sim!

bjo

Beth/Lilás disse...

Amigo,
Estou completamente horrorizada com os últimos acontecimentos e uno-me a ti contra esta barbaridade.
Fora homofobia!
Paz para todos, acima de tudo!
um beijo grande, carioca

EU SOU NEGUINHA disse...

Repudio situações assim.
Até quando os incautos vão ser assim?
me envergonha dizer que moro num pais assim,onde não se respeitam as diferenças,as escolhas...
É triste,muito triste

Beijos menino

Lis disse...

Esses são os verdadeiros "bestas-fera"
e certamente o dia deles vai chegar.
lamentável.

deixo abraço Hugo

Vivian disse...

...Hugo querido, ainda teremos
que caminhar muito para que
fatos como estes não mais
se repitam.

há que se ter uma lei dura
que puna todo e qqr tipo
de preconceito.

para isso, devemos erguer
sem tréguas a bandeira da
conscientização!


bj, querido!

Cadinho RoCo disse...

Não é possível que em pleno século XXI o ser humano não consiga respeitar o seu próximo tal como ele é e não como queremos que seja.
Cadinho RoCo

Cacá disse...

Nos séculos XVII/XVIII, diante de idéias que revolucionavam o mundo, punham dogmas por terra e inauguravam um novo pensamento no mundo ocidental deram o nome de Iluminismo, contra um estado de mendicância mental que dominava o feudalismo. Acho que estamos voltando àquele período que o antecedeu: no campo da tecnologia, vamos muito bem obrigado, mas as mentes parecem caminhar para as trevas novamente. Eu vi o reportagem do policial que atirou no menino lá no RJ, é chocante e esse negócio de ser julgado pela justiça militar é ainda mais preocupante por causa do corporativismo que reina ali. Estou meio decepcionado com o século XXI. Meu abraço. paz e bem.

Bandys disse...

Um absurdo! Fora Homofobia.
Estou igual a Neguinha com vergonha de morar num país onde as diferenças não são respeitadas.
Enquando houver impunidade nada muda.

Saudades de você Hugo,

Te deixo beijos

Paulo Braccini disse...

que tenhamos a consciência de nos assumirmos enquanto SER e CIDADÃO..
bjux

;-)

Suziley disse...

Oi, Hugo:
Realmente, diante de tamanhas brutalidades nos perguntamos: que tempos são estes, de que são feitos os corações dos homens?! Não dá para acreditar. Um absurdo. Um grande beijo, boa noite :)

O Antagonista disse...

Absurdo, revoltante, inaceitável.

Tomara que a mídia não esqueça esse caso e que os filhinhos de papai que tentaram matar o rapaz não saiam dessa pagando apenas algumas cestas básicas.

Valeu!

Fatima disse...

Um absurdo tão grande que eu nem sei o que comentar.
Bjs querido.

Flor ♥ disse...

Sem palavras diante de tanta irracionalidade! Até quando coisas assim ficarão impunes?

Bjs.

Nilce disse...

Oi Hugo
É inaceitável o que anda acontecendo. São anormais violentos, frustrados que não merecem nem ser chamados de animais.
Não aceito essa violência gratuita seja com quem for. O respeito pelo ser humano está acabando.
Aplausos pelo texto e iniciativa, meu amigo querido.

Bjs no coração!

Nilce

Ro Fers disse...

Revoltante esse caso, como de muitos outros que a mídia não divulga...
O pior disse é saber que casos como esses, ou até mesmo piores, os agressores continuam soltos na rua, vangloriando, se sentindo heróis pelos atos cometidos...
Quando a justiça brasileira será reformulada, para assim as pessoas temerem em cometerem atos insanos?

hellomotta disse...

Sem comentário, na boa.
Revoltante, e só.

Essência e Palavras disse...

Horrivel!
Feio!
De uma tremenda puta falta de educação.

Beijo pra ti, meu lindo!

Iandê Albuquerque disse...

Você realmente mecheu comigo, nesse post. muito lindo o que você falou.
Ontem, fui zoado porque estava com meu namorado de mãos dadas numa avenida daqui da cidade, mas ignorei. só fiquei com medo de ser violentado.

Não a homofobia.

Nossa, já estava com saudades de passar por aqui.
O novo post do meu blog, chama-se ''Observações'', Passa por lá: www.iandeee.blogspot.com

Vieira Calado disse...

Aí, como aqui,

a intolerância reina!

Saudações poéticas

Graça Pereira disse...

Há depois, ou talvez antes, o olhar dos outros, o nosso, o olhar farisaico e escarlate de piíssimos cristãos que os vêm como seres do pecado, convertidos em penitentes públicos a expiar vícios privados. E, mais terrível, descobrem neles o alvo da ira divina.
Green tinha razão: " Se conhecessemos o último porquê das coisas teriamos compaixão até das estrelas."
A nós, pelo menos a nós que nos dizemos seguidores do Mestre, tenhamos a audácia dum olhar que acolha, duma palavra que levante os perseguidos do nosso tempo, com um toque de ternura que os ajude a integrarem-se nesta dança de roda que é a vida!!
Beijo
Graça

Marcos Campos disse...

Oi Hugo!
Estou de bode com isso também!
Criminalização já! Esses atos de volência tem que parar!!
Abraço!

Afrodite disse...

Amigo HSLO,
Passa lá no Confissões e pega o seu selo de natal!
Presentinho pra quem eu linkei!
Não precisa repassar!
É só pegar e colar,tá?
Um beijão!

Ana Maria disse...

São fatos tristonhos. Uma falta de respeito com o ser humano.

Estava com saudades de vc amigo!
Beijinhos menino!

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

não é natural mesmo,, covardia sem medição, gente ruim fruto de gente ruim

Mariana disse...

Vim te fazer uma visita, voltarei outra hora,
mas deixo um grande abraço

Daniel Savio disse...

Preconceito é crime, portanto, nunca vai ser algo natural...

Fique com Deus, menino Hugo.
Um abraço.

Dani dutch disse...

OI Hugo, tudo bem?
Uma coisa super legal que vi aqui na Holanda, é a quantidade de pessoas de diferentes culturas, vivendo nesse minusculo país.
E todos tem o seu respeito, e todos são respeitados.
É isso que muitas pessoas precisam entender, respeitar uns aos outros. bjuss