quarta-feira, 31 de março de 2010

Eu por Clarice Lispector

.
Temperamento impulsivo
.

......Sou o que se chama de pessoa impulsiva. Como descrever? Acho que assim: vem-me uma idéia ou um sentimento e eu, em vez de refletir sobre o que me veio, ajo quase que imediatamente. O resultado tem sido meio a meio: às vezes acontece que agi sob uma intuição dessas que não falham, às vezes erro completamente, o que prova que não se tratava de intuição, mas de simples infantilidade.
......Trata-se de saber se devo prosseguir nos meus impulsos. E até que ponto posso controlá-los. [...] Deverei continuar a acertar e a errar, aceitando os resultados resignadamente? Ou devo lutar e tornar-me uma pessoa mais adulta? E também tenho medo de tornar-me adulta demais: eu perderia um dos prazeres do que é um jogo infantil, do que tantas vezes é uma alegria pura. Vou pensar no assunto. E certamente o resultado ainda virá sob a forma de um impulso. Não sou maduro bastante ainda. Ou nunca serei.
.
.
[Clarice Lispector]
.

37 comentários:

May Santos disse...

Clarice... Sempre tão perfeita ^^
Lindo texto


Beijos

May
:)

Fatima disse...

Eu por Clarice Lispector tb.
Bjs.

Lou a esquizoffrenica disse...

É engraçado como esta sra veste exactamente o mesmo número que eu, ainda não vi nada escrito por ela com que não me identificasse, impressionante, mesmo, beijo, adorei esta postagem vai fazer-me reflectir também embora eu ache que o meio por meio será o mais aceitável é o menos mal para não cair em extremos.

Luna Gandra # disse...

Eu amo a CL! Incrivel que não sei explicar. O seu jeito simples de escrever e falar de assuntos tão confusos me encanta.

Marcelo Mayer disse...

ponto e vírgula

Pérola disse...

Clarice é um poço de idéias confusas,a cara de todo mundo só q com mais transparência e objetiva.
Um beijo grande.

Dalva disse...

Ah... Clarice... o que dizer??? Divina... ela sempre me define!

Bjs.

Kika disse...

Lindissimo poema... parabéns pelo blog.

Kika disse...

Lindissimo poema... parabéns pelo blog.

Daniela Figueiredo disse...

Também tenho esse temperamento impulsivo, às vezes eu ajo sem ao menos vir a tal ideia o pensamento. A pressa é tão grande, que prefiro deixar para pensar depois. Ansiosa, impulsiva, infantil... Quem nunca acordou Clarice? Beijos, Hugo!

Pena disse...

Fabuloso Amigo:
"... E também tenho medo de tornar-me adulta demais: eu perderia um dos prazeres do que é um jogo infantil, do que tantas vezes é uma alegria pura. Vou pensar no assunto. E certamente o resultado ainda virá sob a forma de um impulso. Não sou maduro bastante ainda. Ou nunca serei..."

É fabuloso. Puro. Repleto de sensatez numa pessoa admirável.
Abraço amigo a si e ao seu talento majestoso..

pena

Perfeito Post.

Maycon Aguiar disse...

Clarice desnuda perfeit\mente a alma humana, esteja ela sob quais mantos e segredos estiver. Este texto é uma máxima extremamente verdadeira.`Por vezes me choco com a subjetividade da autora servir tanto como verossível. Bela escolha.

Abraço!. ;)

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Parabéns, amigo.Eu também sou meio no impulso. Não sei se isso é bom.mas também não posso dizer que é ruim,porque aí entra sim a infantilidade, mas a infantilidade boa,dap ureza. É recomendável nçao tomarmos decisões quando estamos nervosos ou emocionados. Quando se trata de coisas práticas como emprego por exemplo, deixo para responder no outro dia.Mas quando ée assunto de coração,de sentimentos,normalmente ajo na hora. Belo texto de Clarice Lispector, como sempre. Um abração

Desarranjo Sintético disse...

Clarice dispensa comentários, sempre autÊntica, polêmica, humana, mas sobretudo ela mesma!
É sempre bom desfrutar do pensamento de uma mestra.

Abraço.

Fábio.

marcelo dalla disse...

Maravilhoso, humano e genial ao mesmo tempo. Clarice rules!!!!!
Saudades de vir aqui, queridão!
abraço

Enrique Coimbra disse...

Eu acho que sou o único que não a admira TANTO. Textos legais. Ponto.

•.¸¸.•*♥*•.¸¸.• Sanzinha •.¸¸.•*♥*•.¸¸.• disse...

Também sou muito impulsiva.
E como isso às vezes é problemático, né não? rsrs

Beijos, Hugo!

Majoli disse...

Meu querido, que escolha maravilhosa...hoje você se superou.
Não conhecia o texto, mas foi um bálsamo para mim conhecê-lo através de você.

Beijos com carinho Hugo

Guy Franco disse...

Juro que começou a tocar uma música do nada enquanto eu lia o post. Não sei de onde veio. Achei que eu deveria avisar, sei lá.

Mauri Boffil disse...

Tb tenho esse defeito... Para o azar da minha psicóloga

Entre o Real e o Virtual disse...

"Não sou maduro bastante ainda. Ou nunca serei."
Eu, idem! hehehe

bjs,
Gi.

Mulher na Polícia disse...

Um impulso pode ser decisivo e também pode ser fatal. Agora pra saber qual é qual... nem a Clarice Lispector.

: )

É a vida, querido.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Oi amigo! Em tratando-se de Clarice, só nos resta tirar proveito dos seus belos ensinamentos. Muito profundo.

Abraços e fique com DEUS.

Furtado.

Flor ♥ disse...

Clarice sempre tem algo a dizer que bate lá no fundo da gente. Adorei!

Bjs.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Hugo
Clarice dispensa comentários.
Bjux

Pelos caminhos da vida. disse...

Páscoa significa renascimento, renascer.
Desejo que neste dia, em que nós cristãos,
comemoramos o seu renascimento para a vida eterna,
possamos renascer também em nossos corações.
Que neste momento tão especial de reflexão
possamos lembrar daqueles que estão aflitos e sem esperanças.
Possamos fazer uma prece por aqueles que já não o fazem mais,
porque perderam a fé em um novo recomeçar,
pois esqueceram que a vida é um eterno ressurgir.
Não nos deixe esquecer
que mesmo nos momentos mais difíceis do nosso caminho,
tú estás conosco em nossos corações,
porque mesmo que já tenhamos esquecido de ti,
você jamais o faz.
Pois, padeceste o martírio da cruz em nome do Pai
e pela humanidade,
que muitas e muitas vezes esquece disso.
Esquecem de ti e do teu sacrificio
Quando agridem seu irmão,
Quando ignoram aqueles que passam fome,
Quando ignoram os que sofrem a dor da perda e da separação,
Quando usam a força do poder para dominar e maltratar o próximo,
Quando não lembram que uma palavra de carinho, um sorriso,
um afago, um gesto podem fazer o mundo melhor.
Jesus...
Conceda-me a graça de ser menos egoísta,
e mais solidário para com aqueles que precisam.
Que jamais esqueça de ti e de que sempre estarás comigo
não importa quão difícil seja meu caminhar.
Obrigado Senhor,
Pelo muito que tenho e pelo pouco que possa vir a ter.
Por minha vida e por minha alma imortal.
Obrigado Senhor!

(texto da net).

Feliz Páscoa amigo.

beijooo.

Abraão Vitoriano disse...

e dali Clarice...
ela nos entende porque ela é!

beijos,
e feliz pásoca!

fica com Deus!

do homem-menino

Amauri Jr! disse...

Clarice, bom gosto o seu, queria que você visse meu blog, sou Amigo do Abraão!

Mariana disse...

Eu adoro ler Clarice.

Graça Pereira disse...

Também sou impulsiva e revejo-me neste texto...Na maioria das vezes, os resultados são a 100% mas há outras (felizmente poucas..) que acho que devia ter pensado mais um pouco. Mas eu penso que a minha impulsividade (tal como a da Clarice) está ligada ao coração e, alterando-a, deixaria de ser quem sou. Um beijo e santa Páscoa!
Graça

Poeta Mauro Rocha disse...

Viva Clarice Sempre!!

Um abraço!!

Essência e Palavras disse...

Encantada, encantada!!!!

Sem palavras!


Um beejo meu amigo, boa pascoa!

Essência e Palavras disse...

Encantada, encantada!!!!

Sem palavras!


Um beejo meu amigo, boa pascoa!

Três Egos disse...

Impulso, acho que é uma dos coisas que fazem com que o homem veja a si mesmo como animais, sem controle.

Abraço!

Renato Orlandi disse...

Eu amo a Clacla!!! Nao sei se o que ela diz é questao de maturidade o tempo todo, as vezes eh mto bom seguir a intuição, mesmo que em 10 tentativas acertamos apenas 1.... abraçoo!

Luci Cardinelli disse...

Nosso gosto é muito parecido. Bethânia e Clarice são dois amores na minha vida.

Daniel Savio disse...

Mas alguns impulsos são tão bons...

Fique com Deus, menino Hugo.
Um abraço.