sábado, 27 de março de 2010

50 anos de Renato Russo



L'Aventura

Quando não há compaixão
Ou mesmo um gesto de ajuda
O que pensar da vida
E daqueles que sabemos que amamos ?
Quem pensa por si mesmo é livre
E ser livre é coisa muito séria
Não se pode fechar os olhos
Não se pode olhar pra trás
Sem se aprender alguma coisa pro futuro
Corri pro esconderijo
Olhei pela janela
O sol é um só
Mas quem sabe são duas manhãs
Não precisa vir
Se não for pra ficar
Pelo menos uma noite
E três semanas
Nada é fácil
Nada é certo
Não façamos do amor
Algo desonesto
Quero ser prudente
E sempre ser correto
Quero ser constante
E sempre tentar ser sincero
E queremos fugir
Mas ficamos sempre sem saber
Seu olhar
Não conta mais histórias
Não brota o fruto e nem a flor
E nem o céu é belo e prateado
E o que eu era eu não sou mais
E não tenho nada pra lembrar
Triste coisa é querer bem
A quem não sabe perdoar
Acho que sempre lhe amarei
Só que não lhe quero mais
Não é desejo, nem é saudade
Sinceramente, nem é verdade
Eu sei porque você fugiu
Mas não consigo entender
Eu sei porque você fugiu
Mas não consigo entender
.
.
.
Hoje em comemoração aos 50 anos do Renato Russo, venho com uma postagem de homenagem e ao mesmo tempo de lembrança da minha adolescência. Na época em que estava desabrochando para o mundo, conheci as músicas da Banda Legião Urbana e logo me identifiquei. Cada música retratava de forma singular o meu ser complexo e sentimental de viver. Cada fase alegre e difícil que enfrentei, foi ao som da suave voz do Renato Russoparabéns meu rei!
.
.
27 de março de 1960 — 11 de outubro de 1996
.

É tão estranhos os bons morrem jovens...
.
.

26 comentários:

Vanessa Souza Moraes disse...

Assisti-o esta manhã na MTV.

Gosto tanto...

Pérola disse...

Merecida homenagem meu querido e de boa qualidade.
Um beijo grande.

[Farelos e Sílabas] disse...

===

Renato sempre estará vivo nas nossas lembranças, completando aniversários de VIDA (porque alguém como ele não morre jamais!) e nos brindando com a mais profunda poesia de suas letras!

Parabéns a TODOS nós neste dia!

Abração, meu rapaz!

Saudades!

P.S.: Confesso que o título do post me chamou a atenção, até porque foi com este mesmo tom que nesta madrugada criei minha homenagem ao nosso poeta rock n’ roll!

===

Wanderley Elian Lima disse...

Uma perda lamentável, mas sua obra será eterna.
Bjux

Majoli disse...

Merecida homenagem...ah quanta saudade de Renato Russo...

É estranho e inexplicável meu querido pessoas como o Renato Russo irem embora tão cedo.

Beijos meu querido amigo Hugo.

Bom final de semana.

Gilson disse...

Excelente homenagem, Renato mora no coração de todos nós brasileiros juntamente com Airton Senna que também completaria 50 anos.

Abs

Homossexual e Pai disse...

Realmente o Big Brother não me emociona, acho uma babaquice este tipo de programa e acho uma certa forma de sadismo as pessoas ficarem assistindo á tortura... física e psicológica ...de outras pessoas.
Mas, é hora de eu me envolver! O paredão de eliminação de hoje é entre Dimmy Kier (DiCesar) e o ultra-homofóbico declarado DOURADO! Um cara totalmente escroto e ignorante, que chegou até a dizer que homens heterossexuais não pegam AIDS! Num verdadeiro des-serviço á saúde pública.
Alguém tem dúvida de quem usaria melhor o dinheiro?
Precisamos eliminar este cara! Entre no site da GLOBO.com e vote! Vote até cair seu dedo! Vote até acabar seus créditos! Vote até sua conta de telefone estourar! Se o Di ganhar vai ser um recado para MUUUUUITA gente!

Bandys disse...

Hufo,

Deixom essas pra voce!

Drão!
O amor da gente
É como um grão
Uma semente de ilusão
Tem que morrer pra germinar
Plantar nalgum lugar
Ressuscitar no chão
Nossa semeadura
Quem poderá fazer
Aquele amor morrer
Nossa caminhadura
Dura caminhada
Pela estrada escura...

Drão!
Não pense na separação
Não despedace o coração
O verdadeiro amor é vão
Estende-se infinito
Imenso monolito
Nossa arquitetura
Quem poderá fazer
Aquele amor morrer
Nossa caminhadura
Cama de tatame
Pela vida afora

Drão!
Os meninos são todos sãos
Os pecados são todos meus
Deus sabe a minha confissão
Não há o que perdoar
Por isso mesmo é que há de haver mais compaixão
Quem poderá fazer
Aquele amor morrer
Se o amor é como um grão
Morre, nasce trigo
Vive, morre pão
drão!
drão!



Beijos E viva Rebato!

Hod disse...

Então amigo, aqui estou.

Tri Legal sua homenagem. Sempre Renato Russo.

Deixo então as mesmas palavras que deixei no post de Clarisse.

Hoje muitos prestam homenagens ao nascimento 27/03/60 do Jovem Renato Russo, que se vivo fosse completaria 50 anos. Muitas de suas composições estão vivas no coração de muitos.
No meu está esta; " É preciso amar, as pessoas como se não houvesse amanhã"... Pais e Filhos.

Bom fim de semana,

Forte abraço, amigo Hugo e trato por sua visita.


Hod.

Hod disse...

Então Majoli cruzando com vc em vários blogs hoje sobrevoo suas atmosferas.

força para o Edilson.

Hoje muitos prestam homenagens ao nascimento 27/03/60 do Jovem Renato Russo, que se vivo fosse completaria 50 anos. Muitas de suas composições estão vivas no coração de muitos.
No meu está esta; " É preciso amar, as pessoas como se não houvesse amanhã"... Pais e Filhos.

Bom fim de semana,

Forte abraço amigo

Hod.

Carolinne disse...

Belas homenagem, ele realmente merece! ^^ Adoro-o

Ana Maria disse...

Bela escolha de homenagem, bem merecida. Adoro tudo sobre Renato Russo. As vezes me pergunto: por que os bons vão cedo?
Logo vem a resposta. Deus precisa de pessoas jovens, boas , com cabeça sensacional. Ele cria, ele leva quando acha que precisa.
É a vida.
Bela música!
Obrigada pela sua amizade, vc foi meu primeiro visitante de hoje, amei.
Beijinhos querido amigo!

Lou a esquizoffrenica disse...

So conheci há pouco tempo a legião urbana e tenho a dizer que adoro as letras. São muito boas mesmo . Beijo e obrigada pela tua presença no meu blog.

Entre o Real e o Virtual disse...

O Renato era um grande sábio!
Linda voz, maravilhoso poeta, uma perda irreparável!
Bela homenagem, Hugo.

Abraços,
Gi.

Valdeir Almeida disse...

Boa homenagem, Hugo.

As músicas de Ranato Russo embalaram muitos capítulos da minha vida.

Abraços.

Juliana Pires disse...

Grande Renato Russo. Ele faz muita falta na música brasileira.

Beijos

Wendy disse...

Homenagem mais do que merecida...
O Renato acompanhou o crescimento/amadurecimento de muita gente e o meu também. Suas frases marcam muitos dos meus dias.

Bjo

Fernanda Magalhães disse...

Meu negooooooooo saudades das nossas conversas. Ando tão sem tempo pra minha vida virtual, mas adoro e não vou sumir mais não, sempre que possível estarei aqui.

Renato é o poeta da atitude. Amo!!

Beijos!

Maycon Aguiar disse...

Olá Hugo, tudo bem? Agradeço pelo comentário em meu blog, realmente adorei. Percebi que ouvimos Maria Bethania, grande cantora! Em relação ao texto de hoje, devo admitir: não ouço Renato Russo, mas conheço seu trabalho. Foi excelente artista, praticamente impossível de superar e esquecer. Merece todas as homenagens feitas e que ainda estão por vir. Também estou te seguindo.

Um abraço!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá amigo! Belíssima homenagem ao nosso inesquecível poeta, músico e grande ser humano que foi o Renato Russo. Ele se foi, mas a sua obra ficou para à história.

Abraços e ótimo final de semana.

Furtado.

Enrique Coimbra disse...

"Quero ser constante"
Não sou fã, então não sinto grande diferença na minha vida, mas admito que são boas frases.

Fátima disse...

Que homenagem bem vinda.
Partir desse mundo e poder deixar sua marca, sua musica a nos embalar, sua poesia a nos tocar...
Sinto saudade também, muita.

Beijinho.
Lindo final de semana.

AL. disse...

adoro o renato russo, pra mim ele continua vivo com suas músicas lindas e que fazem o maior sentido pois são atemporais.

besos e ótimo domingo

Pelos caminhos da vida. disse...

Linda e merecida homenagem ao gde Renato Russo(os bons vão cedo).

Viver...

De bem com a vida
Amando as pessoas
De todas as formas
É um detalhe que faz
toda a diferença!

Tenha uma semana maravilhosa!!!

beijooo.

Miss Pauleth disse...

Grande Renato, grande POETA!

Daniel Savio disse...

Música bonita, mas pensei o seguinte, mesmo que seja apenas por uma noite, será que não devo viver o amor?

Só filosofando...

Fique com Deus, menino Hugo.
Um abraço.