sábado, 6 de fevereiro de 2010

Eu não sou meu dono


.
Nessa vida em que sou meu sono
Eu não sou meu dono
Quem sou é que me ignoro
E vive através desta névoa que sou eu
Todas as vidas que outrora tive numa só vida
Mar sou; baixo marulho ao alto rujo
Mas minha cor vem do meu alto céu
E só me encontro quando de mim fujo
.
.
[Fernando Pessoa]
.
.

27 comentários:

Florentino disse...

Eu tenho medo do escuro.
Traga-me luz, por favor.
Conheço porto seguro
só pela audácia do amor.
bom fim de semana.

EDUARDO POISL disse...

"... E de novo acredito que nada do que é
importante se perde verdadeiramente
Apenas nos iludimos, julgando ser donos das coisas,
dos instantes e dos outros.
Comigo caminham todos os mortos que amei,
todos os amigos que se afastaram,
todos os dias felizes que se apagaram.
Não perdi nada, apenas a ilusão de que tudo podia ser meu para sempre."

Miguel Sousa Tavares

Desejo um lindo final de semana.
Abraços com carinho.

Pelos caminhos da vida. disse...

A amizade é como um navio no horizonte.
Nós o vemos, cortando contra o céu,
e em seguida ele avança,
desaparece de vista,
mas isto não significa que não continuará.
Essa amizade é linear.
Ela se move em todas as direções,
nos ensinando sobre nós mesmos
e sobre cada um de nós.
É por isso que no transcurso de fortes amizades,
estaremos presentes um para o outro,
mesmo que, nem sempre,
estejamos visíveis.


( Shirley Maclane )

beijooo.

Felina Mulher disse...

Seja sempre vc msm meu anjo.

Um lindo Fim de Semana pra ti Hugo.


Beijo_______________Felina.

Priscila Rôde disse...

"E só me encontro quando de mim fujo."
Nossa,
PERFEITO!

Evelyne Freitas disse...

"...E só me encontro quando de mim fujo."
Adoro!

Renato Orlandi disse...

Adorei esse poema, mesmo não pensando em outras vidas no sentido de reencarnacao. Bjuu!

Paulo Braccini disse...

só fugindo mesmo de nossas máscaras é vamos verdadeiramente nos encontrar ... até então não somos donos de nós mesmos mas escravos de nossos personagens ...

bjux Hugo

;-)

HNETO disse...

"Onde eu nasci passa um rio
Que passa no igual sem fim
Igual, sem fim, minha terra
Passava dentro de mim".
Mas tudo é mar...

Ausência Instável disse...

Afinal ninguém é dono de sí mesmo ...
As vezes precisamos nós encontrar, ou sermos encontrados.

Muito LINDO!!!
=D
Beijao!

Daniel Savio disse...

Somos vida dentro de uma vida única, pelo menos penso ao ler o post...

Fique com Deus, menino Hugo.
Um abraço.

Athila Goyaz disse...

Fernado pessoa é o poeta!
muito om esse texto! bjus

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Hugo,

Tem que linkar com esse endereço:

http://queixoasrosas.blogspot.com/feeds/posts/default

Assim aparecem as atualizações.

=]

Maravlhoso final de semana.

Rebeca

-

. intemporal . disse...

.

. "Os Deuses são a encarnação do que nunca poderemos ser" .

. tu és .

. abraço.te .

.

. paulo .

.

pedagogiadaalma disse...

encontrar a si mesmo é sempre um desafio...

beijos,
e estou estreando neste lindo universo!

Majoli disse...

"E só me encontro quando de mim fujo"...que lindo isso.

Suas escolhas sempre são perfeitas, nos levam a refletir, por isso sempre venho aqui.

Beijos e um bom final de sábado pra você meu querido.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Hugo
Adoro Fernando Pessoa. Ótima escolha
Tenha um lindo sábado
Bjux

Mulher Asterísco disse...

Eu preciso fugir do meu sono

bijuss

Atreyu disse...

Somos tantas coisas em um só né? acho lindo esse tipo de poesia @@

Rosan disse...

oi Hugo.
Fernando Pessoa, é muito profundo.
já vivemos tantas vidas, que por vezes se confundem em nós, o que nos resta é o aprimoramento, burilamento das nossas fraquezas, das nossas faltas.

beijo de luz

Sentimental ♥ disse...

as vezes é preciso tirar 'férias' de si mesmo pra conseguir pensar e refletir com clareza... :)
bjs

@philipsouza disse...

Fernando Pessoa sempre sera o cara...sempre o que ele descreve faz por um ponto final....

abraçao amigo

[Farelos e Sílabas] disse...

===

Nada como Pessoa pra pincelar a vida com coragem pra dizer que nossas cores vêm de nosso alto céu!

E cada qual descubra o seu próprio céu, e o pinte, e lhe dê sentido singular!

Assim seja! Abração, rapaz!

===

Osvaldo disse...

Caro amigo Hugo;

Mas na vida ninguém é dono de ninguém porque nascemos livres e ninguém pode acorrentar nossos sonhos.

Belo o poema de Fernando Pessoa.

Um grande abraço, caro amigo.
Osvaldo

Rafael Castellar das Neves disse...

Ótima sugestão!!

[]'s

.Lis disse...

E é bom que nao sejamos donos de si mesmo, a gente tem de se doar, e assim vamos nos achando .
uma semana de expectativa pelo carnaval , pelo descanso e por tudo que vamos sentindo e sendo por aí...
meus abraços Hugo

Joicinha disse...

Estamos aqui de passagem nesse corpo!!

Adorei seu blog, temos muitas coisas em comum,musica, poesia.... que bom né?!!! Acho maravilhoso a troca de conhecimentos.

Também tenho um blogger As Peripécias do Mundo".
Quando tiver um tempinho apareça, sua presença é muito bem-vinda!

bjs

Joicinha