terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Educar para um outro mundo possível


Podemos dizer que, em qualquer projeção que se faça do futuro, o conhecimento terá presença garantida. Nesse contexto, as perspectivas para a educação no século XXI são otimistas. A pergunta que se faz é: que educação, que escola, que aluno, que professor, que currículo, que sistema de ensino? A práxis transformadora com vistas à futuridade histórica leva-nos a refletir sobre a necessidade de superar a lógica desumanizadora que tem o individualismo, na competitividade e no lucro seus fundamentos.
.
Segundo Jhon Holloway (2003), “educar para um outro mundo possível é educar para dissolver o poder, para democratizá-lo radicalmente, esse é o objetivo da revolução”. Devemos superar as relações de poder pelo reconhecimento mútuo da dignidade de cada pessoa. Entender o poder como capacidade de fazer, como serviço, afirmando que “nós” é que podemos mudar o mundo; nós, as pessoas comuns, temos essa capacidade de mudar o mundo.
.
Por isso, educar para um outro mundo possível é educar para conscientizar (Freire,1997), “para desalienar, para desfetichizar”. É também educar para ruptura, para a rebeldia, para recusa, para dizer “não”, para gritar, para sonhar com outros mundos possíveis, denunciando e anunciando. O núcleo central da concepção neoliberal da educação é a negação do sonho e da utopia. Por esse motivo, uma educação para um outro mundo possível é, sobretudo, a educação para o sonho, a educação para esperança.
.
A educação, nesse sentido, pode favorecer a construção de uma outra lógica, através da formação da consciência crítica, contra a educação consumista, contra a degradação ambiental, as desigualdades, a violência, valorizando e assumindo os direitos humanos, a diversidade cultural, a participação de todos na vida social e nos processos decisórios.
.
Não se pode mudar o mundo sem mudar as pessoas: mudar o mundo e mudar as pessoas são processos interligados. Mudar o mundo depende de todos nós: é preciso que cada um tome consciência e organiza-se em multidões. Para Gadotti (2000) educar para um outro mundo possível exige dos educadores um compromisso pela desmercantilização da educação e uma postura ético-eco-pedagógica de escuta do universo, do qual todos nós somos parte constituinte. Os educadores não devem dirigir-se apenas a alunos ou educandos, mas aos habitantes do planeta, considerando-os como cidadãos da mesma mátria (O’Sullivan, 2004; Boff, 1995).
.
Segundo Gadotti (2001), “a terra é nosso primeiro grande educador”. Por isso, educar para um outro mundo possível é também educar para encontrar nosso lugar na história, no universo. É educar para paz, para os direitos humanos, para justiça social e para diversidade cultural, contra o sexismo e o racismo. É educar para consciência planetária. É educar para que cada um de nós encontre o seu lugar no mundo, educar para pertencer a uma comunidade humana planetária, para sentir profundamente o universo. É educar para viver no cosmo, ampliando nossa compreensão da Terra e do Universo. É educar para ter uma perspectiva cósmica. Só assim poderemos entender mais amplamente os problemas da desertificação, do desflorestamento, do aquecimento global e dos problemas que atingem humanos e os animais. Educar para um outro mundo possível supõe um novo paradigma, um paradigma holístico.
.
Bibliografias Consultadas:
.
BOFF, Leonardo. Princípio Terra: volta à terra como pátria comum. São Paulo: Ática, 1995.
FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1997.
GADOTTI, M. Educar para um outro mundo possível.São Paulo:Publisher Brasil, 2007.
___________Perspectivas Atuais da Educação. Porto Alegre: Artmed, 2001.
___________Pedagogia da Terra. São Paulo: Peiróplis, 2001.
HOLLOWAY, Jhon. Mudar o mundo sem tomar o poder: o significado da revolução hoje. São Paulo: Viramundo, 2003.
O’SULLIVAN, E. Aprendizagem Transformadora: uma visão educacional para o século XXI. São Paulo: Cortez/Instituto Paulo Freire, 2004.

40 comentários:

Valdeir Almeida disse...

Amigo,

O seu texto, sabiamente, demonstra que "Educar" tem um conceito amplo. Amplo, mas não vago. É que Educação nos abre várias expectativas. Ela proporciona crescimento intelectual, social e até mesmo econômico. Além disso, nos conscientiza a respeito das mazelas ecológicas e sociais.

Belo texto.

Abraços.

Déia disse...

Oiii

Sem educação, não sei o que será desse mundo!

bj

Pérola disse...

Parabéns pela postagem.
Educar é prazeroso apesar dos descasos q nós professoraes enfrentamos.
Um beijo grande.

Lou a esquizoffrenica disse...

Gostei da sua reflexão. É importante percebermos que somos parte de um todo e que temos a nossa quota parte de importância nas mudanças de atitude e comportamentos face ao mundo. A visão holistica é portanto essencial. Beijos

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
Só a educação pode mudar o mundo.
Beijão

Drigo disse...

com educação diária
nosso futuro pod ser prolongado!

abçs...

Flor ♥ disse...

Certamente a mudança que queremos ver no mundo está no poder transformador da educação...

Bjs.

Pelos caminhos da vida. disse...

Educação é primordial.

beijooo.

Três Egos disse...

Educar para um mundo melhor. Utopia? Não podemos perder as aespranças... Desde que me conheço de gente e desde que tive algum senso crítico para escrever redações dissertativas na escola, o tema sobre educação estava sempre presente. A conclusão? Sempre caía na má vontade, do governo, do cidadão, dos alunos ou seja lá de quem... rs

Abraço

Graça disse...

Hugo,

há tempos venho querendo convidá-lo para conhecer o meu outro espaço, pois trata-se de um blog-projeto educacional, e vc ainda não o viu, amigo!

Como colegas, unidos nesses grandes esforços que cada um vem fazendo para contribuir na melhoria de nossa querida Educação, gostaria muitíssimo que fosse dar uma olhadinha... quando der.

Para início, e tb pra facilitar sua vida, seu precioso tempo, deixo-lhe aqui dois links, assim vc absorverá o conteúdo do blog com rapidez:

http://botoesmadreperola.blogspot.com/2009/10/nao-violencia-meu-recado-possui-um-teor.html

e

http://botoesmadreperola.blogspot.com/2009/12/lexicoterapia-eexcelencia-humana-o.html

Certamente vc irá ver com calma, o que agradeço, meu querido!

Bjs no seu core!!!
Te gosto muito.

Fátima disse...

Educação é fundamental!
A melhor herança que se pode deixar.

Abraço com carinho.

Florentino disse...

o meu pais precisa disso.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Claro, amigão Hugo. Não se pode mudar o mundo, sem mudar as pessoas.Nós somos o mundo. Tudo acontece a partir de nós. O chão do planeta que pisamos é apenas físico, para que as coisas boas aconteçam, cada u mde nós tem sua participação. E melhoras incluem educação e cultura sim. Um grande abraço

Rodrigues Bomfim disse...

Educação é o processo que renova uma pessoa, extraindo-lhe ou libertando-lhe suas potencialidades criadoras. Ou como diria Paulo Freire em Pedagogia do Oprimido: “os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo”.

Abraços e boa semana

Tatiana disse...

Um ótimo texto...pois mostra bem os caminhos para uma educação global!

Agradeço de coração a sua presença em palavras no meu blog.
Um beijo carinhoso

Mulher Asterísco disse...

Se os educadores educam para mudar o mundo, que mundo educa os educadores?

Essência e Palavras disse...

Conhecimento é um bem único!
Ninguem nos tira!

obrigada, por compartilhar conosco tanta coisa boa, tanta realidade longe dos olhos de minha gente!


beejo, uma quinta perfeita pra ti!

M. disse...

Educação é o futuro!
seu texto foi brilhante.

adorei o blog,voltarei sempre!

Renato Orlandi disse...

Que medo, tem até referencia bibliografica rsrs.. gostei desse texto, meio rebelde, meio futurista, fala de tendencias talvez nao sei... estou muito preso ao presente ainda, me preocupo muito em educar para o hoje, ultrapassar a barreira da ignorancia (quem ignora apreender conhecimento)... nao sei, só sei que em todas as aulas de sociologia da faculdade em que falavamos de desgraças sociologicas terminava sempre em como resover? Educando... bjjj

Celsina disse...

Oii...
Gostaria de te convidar para participar da segunda promoção do Uma Janela Secreta, o livro é: A esperança tem muitas faces. Gostaria que desse uma força =) Obrigada.

O link é:
http://umajanelasecreta.blogspot.com/2010/02/promocao-esperanca-tem-muitas-faces.html

Felina Mulher disse...

você é um excelente educador Hugo...aposte sempre no seu potencial, o futuro depende da educação...é o que de melhor podemos deixar aos jovens de hoje.


Bons sonhos meu anjo.

Graça disse...

Obrigada pela visita, amigo!

Sim, CONHECIMENTO é a palavra para a excelência: primeiramente na Educação, e depois em todos os outros segmentos de uma sociedade.

Eu amo tudo isso!!!

Beijos
com meu afeto,
com meu carinho.

Lucas disse...

Eu adimiro quem investe em conhecimento e sabe seu valor, eu apenas agora sinto o peso que ele vale e estou correndo atrás, mas, se eu poder fazer outras pessoas verem isso ficaria feliz

abraços!

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

*As perspectivas para a educação no século XXI são otimistas* Isso, Hugo! Arrasa! Mostra para todo mundo que tudo é possível quando se dá Amor a quem quer aprender, de qualquer idade que seja.
Quem sabe assim os derrotistas e os vêem tudo como um buraco sem fundo aprendam que é o Amor que co.move a História*


*O SORRISO
Para quem me acha simples, sendo tão especial, e dá este show, só pode ser mais do que especial.


Creio que foi o sorriso quem abriu a porta.
Era um sorriso com muita luz lá dentro,
apetecia entrar nele, tirar a roupa, ficar nu dentro daquele sorriso.
Correr, navegar, morrer naquele sorriso.

Eugénio de Andrade*

Beijos, meu querido e mais do que especial amigo, simplesmente *essencial*
Nana bem, Hugo*
Até hoje*

Elaine Barnes disse...

É,acredito que sem educação não há futuro,nem do que se orgulhar. É preciso sabedoria na politica para que todos possam usufruir igualmente da cultura,para que todos possam ter dignidade. Sem educação creio que não há saída.
Amigo venho pedir um favor e desde já sinta-se a vontade para recusar ok!?Venho pedir para visitar o blog do meu amigo Serginho que está começando na blogosfera, não entende muito bem ainda essa ferramenta.Ele promove um baile todo ano hiper organizado e maravilhoso. A Geisa( A força e a beleza de ser mulher) e eu já participamos e tem outros também. Gostaria que desse essa força e o conhecesse, não irá se arrepender.Muito obrigada e conto com você!
http://sergiodancingdays.blogspot.com/ Montão de abraços e bjs educados

lis disse...

Oi Hugo
Desejo tanto que as crianças de hoje tenham uma educação que as faça homens que dignifiquem nossa pátria e ganhe toda a sociedade com a igualdade e justiça´.
Parabéns Hugo pelo texto necessário.
meus abraços

Luci Cardinelli disse...

Realmente não se muda o mundo sem mudar as pessoas, mas nfelizmente no nosso país não há interesse em educar.

abçs

Everson Russo disse...

É sempre bom falar de educação,,,de planos e tudo mais...belo texto,,,abraços amigo e um dia de paz pra ti.

Pelos caminhos da vida. disse...

Uma flor. Uma fonte.
Um sorriso. Uma vida.
Tudo começa.
É importante começar bem.
Mais importante, continuar bem.
Seja sempre novo cada momento
do seu dia. Para fazer da sua vida
uma dádiva sempre nova.

beijooo.

Gleydson™ disse...

Realmente amigo, educar é necessario. É um alicerce básico para a formação de um cidadão mais consciente. Muito boa sua pesquisa. Adoro passar aqui no seu blog e ver as coisas interessantes que voce compartilha conosco!!

Abração e valeu por passar na "Folha"!!

=D

Leandro disse...

Desculpa por aparecer aqui só agora, mas é que dei um tempo no mundo blogueiro. Mas agora estou voltando.
Quanto ao post, educação é tudo. É através dela que teremos chance de construirmos um mundo melhor.
Abraço

Silvana Nunes .'. disse...

Lindo texto. mais lindo ainda a citação do Gadotti eonde ele diz que a terra é o nosso primeiro grande educador.
Belíssimo. Eu adoro paulo Freire, Leonardo Boff nem se fala.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... deseja um bom dia para você.
Saudações Florestais !

May Santos disse...

É uma pana saber que são poucos aqueles que reconhecem a importância da educação!

Continue sempre assim, com esse amor pela educação! O mundo precisa de pessoas assim!

Beijos

Vaca Jersey disse...

Educação.... é a chave de tudo! Hugo, valeu pelo comment e pelas belas palavras! Que bom que curtes a Vaca... volte sempre, pois a casa é tua! Hugz!

Srtª Vihh disse...

Oieeeee
toda vez que leio teus post me imagino lendo algum artigo de algum estudioso, pois escreves muito bem.
obrigada pelo apoio.
bjOus

Graça Pereira disse...

Através do conhecimento, da educação e da informação,se construirá um mundo novo. Gostei do assunto apelativo e actual.
Beijo
Graça

FIOTTI disse...

passando pra simplismente dizer que te adoroooooooooooo

Mylla Galvão disse...

Hugo,

"A educação, nesse sentido, pode favorecer a construção de uma outra lógica, através da formação da consciência crítica (...)"

No trecho acima seu texto diz tudo...

Se todos os professores de hj em dia soubesse criar em seus alunos a consciência crítica, talvez a Educação não estaria no patamar em q está!
Talvez houvesse uma maior conscientização da sociedade!
Formar leitores críticos é o mínimo que um professor pode fazer pelo seu aluno!

Gostei da abordagem! Parabéns!

Daniel Savio disse...

Cara é complemento da tua postagem "Dinheiro ou Coragem: o que falta na educação?", certo?

Mas indo para o assunto do post...

Mas Hugo, este tipo de educação não deveria começar em casa e ser refinada na escola?

Pois como vamos entender que o poder é para todos e não para governar todos se em casa não temos esta noção?

Fique com Deus, menino Hugo.
Um abraço.

Hagia disse...

Parabéns pelo seu blog.

Está fabuloso.
Gostei muito e vou acrescentar aos favoritos.

Partilho com você a área profissional das crianças e de novos métodos de ensino e sou defensora da "Educação emocional", nas escolas, aliás em todo o lado :)


Bju e felicidade