quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Xangô

Xangô é um Orixá bastante popular no Brasil e às vezes confundido como um Orixá com especial ascendência sobre os demais, em termos hierárquicos. Essa confusão acontece por dois motivos: em primeiro lugar, Xangô é um rei, alguém que cuida da administração, do poder e, principalmente, da justiça - representa a autoridade constituída no panteão africano. Ao mesmo tempo, há no norte do Brasil diversos cultos que atendem pelo nome de Xangô. No Nordeste, mais especificamente em Pernambuco e Alagoas, a prática do candomblé recebeu o nome genérico de Xangô, talvez porque naquelas regiões existissem muitos filhos de Xangô entre os negros que vieram trazidos de África. Na mesma linha de uso impróprio, pode-se encontrar a expressão Xangô de Caboclo, que se refere obviamente ao que chamamos de Candomblé de Caboclo. Xangô é pesado, íntegro, indivisível, irremovível; com tudo isso, é evidente que um certo autoritarismo faça parte da sua figura e das lendas sobre suas determinações e desígnios, coisa que não é questionada pela maior parte de seus filhos, quando inquiridos. O símbolo do Axé de Xangô é uma espécie de machado estilizado com duas lâminas, o Oxé, que indica o poder de Xangô, corta em duas direções opostas. É o Orixá da justiça e seu campo preferencial de atuação é a razão, despertando nos seres o senso de equilíbrio e eqüidade, já que só conscientizando e despertando para os reais valores da vida a evolução se processa num fluir contínuo.

"Ai, Xangô, Xangô menino

Da fogueira de São João

Quero ser sempre o menino, Xangô

Da fogueira de São João".

[Caetano Veloso e Gilberto Gil]


Essa postagem faz parte da série - Curiosidades dos Orixás mais Populares no Brasil: Iansã, Oxum, Iemanjá, Xangô, Oxóssi e Ogum.
.
Abaixo segue o vídeo da música São João, Xangô Menino, interpretada por Gal Costa, Gilberto Gil, Maria Bethânia e Caetano Veloso - Doces Bárbaros.
.

19 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Obrigado pelo seu carinho amigo.

beijooo.

Marcelo Mayer disse...

vc precisa baixar o disco "afro-sambas" de vinicius e baden powell

Vivian disse...

...Hugo querido,
achei lindo e comovente
seu comentário sobre a solidão,
esta que faz parte da vida de
todos nós, quando sabemos que
na realidade somos sós em
essência.

e isso não tem reverso.

beijos e paz, querido meu!

Machado de Carlos disse...

Você escreve coisas belas e interessantes. É muito vir aqui e viajar em seus textos. Desde já somos seguidores natos. Um abraço!

Fatima disse...

Tô me sentindo tão poderosa!!!!!!!
Que bom que vc gostou do post lá em casa.
Bjs querido.

Patricia disse...

Muito interessante esses seus posts falando sobre os orixás... reis e rainhas que acabam por direcionar nossas vidas e que devemos sempre respeitar.

Obrigada pela visita, estarei sempre aqui tb!

Beijosssss!!!!

Maria Dias disse...

Oi Hugo,

Estou meio enrolada mas tentava não perder aquela postagem sobre Yansã o q aconteceu.De qualquer jeito escrevi lá um comentário sobre e deixei algumas perguntas ok?

Muito belo os orixás e bastante interessante todas as postagens sobre!

Abraços

Maria

Graça Pereira disse...

Xangô éum orixa feminino ´... então, todos os Xangôs, são orixás??
Tudo isto é lindissimo mas muito confuso...
Deixei perguntas nos posts anteriores.
Um beijo.
Graça

Fabiano (LicoSp) disse...

Interessante...
post bom pra desmistificar um pouco estas figuras.

abs

Daniel Savio disse...

Interessante, mas todos nós temos os nossos simboligismo próprios (fiquei pensando nisto por causa de dupla lamina), mas muitas vezes desconhecemos este simbolos pessoais (força interna, ou qualidade)...

Fique com Deus, menino Hugo.
Um abraço.

Germano Xavier disse...

Algo como Janus, para os Gregos.

Muito informativo o texto.
Continuemos, Hugo...

André Mans disse...

o único xangô que conheci foi o de baker street

:P

Bandys disse...

Hugo,

Bastante interessante.

Adorei a imagem.
Salve Xangô!

Beijos

.Lis disse...

Imagem forte, Hugo , e bonita.
Nada como um machado pra indicar poder e força pra abater os maus e abrir caminhos.
Abraços

Tatiane Trajano disse...

Ouço muito por aqui "fulano foi pro Xangô hoje"

Achei que teria mais uma versão da Bethânia aqui.


Beijos

Monia disse...

muito interessante seu post sobre orixas , eles fazem parte de nossa cultura e poucas vezes ouvimos falar deles.
Gostei da sua explicaçao e tb da musik q eh linda!

Abraços e depois passa no meu blog tb :invariavel

bgsbgs

Léo Metallica disse...

É... Não confio nestas entidades. Acredito e respeito.

Direto do Rio.
Abraço.

Léo Metallica disse...

É... Não confio nestas entidades. Acredito e respeito.

Direto do Rio.
Abraço.

Leonor Lourenço disse...

Achei muito interessante. Fiz bem em cá vir. Ler sobre divindades é muito interessante.

Abraço