segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Amor Proibido



Todos os dias eu passava em frente aquele jardim
No meio dos meus pensamentos e duvidas
Querendo que o mundo fosse igual ao meu mundo enfim
Dedicava sempre o meu querer a imaginação do amor
Dentre tantas que eu avistava naquele paraíso
Uma tinha algo especial
Ela não era simplesmente uma flor
Tinha pétalas diferentes e um sorriso sem igual
Era um amor que o universo ainda não havia inventado
Desses que não se encontram em historinha de jornal
E o que eu mais queria era sonhar meu sonho inacabado
Brincava de soldado até a lua nascer
Mas os pensamentos eram outros
O que eu queria mesmo era falar dos meus sentimentos
Do meu diferente modo de querer
Se o meu amor era proibido nas esquinas
O meu era olhar diferente dos meninos e das meninas
Eu procurava minha paz
Inquietava-se mais uma vez meu coração
Os meus sonhos não se desfazem jamais
Eu rebuscava no meu interior o motivo da minha solidão
Eu serenamente colhi aquela flor
Enquanto do infinito do firmamento a chuva começava
Levei a flor diferente pra minha casa
Imaginando como seria o mundo cor-de-rosa que eu sonhava e com carinho eu dela cuidei
Mesmo sabendo que ela não tinha raiz
Mas sabia que ao viver o meu amor proibido
Definitivamente descobriria a mim mesmo
Eu seria finalmente feliz.



________________________________________

Poema do Amigo Everson Russo que assina o Blog O Livro dos Dias Dois . Eu gosto muito dos poemas do Everson e por isso sempre estou postando por aqui...É um trabalho de parceria nosso. Amigo muito obrigado, axé.

24 comentários:

Everson Russo disse...

Uau, meu querido, olha eu aqui ao seu lado outra vez, dividindo esse seu canto de amor, obrigado pelas palavras, muito me honra estar por aqui, seu espaço é show, seus sentimentos são intensos, sua alma é divina...abraços fraternos, que bom que gostou, uma bela semana pra ti e mais uma vez, obrigado pela atenção, precisando, saiba que o Livro sempre estará aberto a ti.

Everson Russo disse...

Ah, esqueci de dizer, parceria que já deu certo...rs..rs..

Andy disse...

Muito bonito...
Bjinho

Eu, Thiago Assis disse...

Eu gosto de poesias proseadas,
torna a historia mais lírica ainda.

Elizeu Soares disse...

Olá Hugo,
Esse realmente é um poema lindo...Da os parabéns para o seu amigo!
Fica na paz...

Juliano disse...

Muitoo fodaa.! O cara escreveu muito.

Abraços Hugo e ótima semana para você.!

Bel disse...

Oi
Que bom que vc gosta do blog!
^-^
Adorei o poema de os parabens a seu amigo por mim!

Abraços...

Bel disse...

Oi
Que bom que vc gosta do blog!
^-^
Adorei o poema de os parabens a seu amigo por mim!

Abraços...

Caroline Farias disse...

Muuuito lindo!

Beijos ;*

Marcelo Mayer disse...

parceirinho 100%, como diria vinicuis de moraes

Valdeir Almeida disse...

Olá Hugo,

Esse poema fez-me lembrar do Pequeno Príncipe que cuidava da sua flor e fez dela sua única amiga.

Abraços.

Giselle Costa disse...

Parabéns pela escolha, seu amigo tem razão, a parceria deu certo.

bjs Hugo
Gi

Alma inquieta disse...

Parabéns Hugo!

Excelente escolha, como sempre!

Um beijo!

Fatima disse...

Ah,
esse trem de amor proibido é tão sofrido sô!
Bjs.

Fatima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo [ALT] disse...

hugo, brigado pela visita no meu blog cara, eu jah tinha aparecido aqui antes e li algumas coisas, mas não lembro onde de ti. e lgal essa sua parceria hehe.
ps. desculpa pela demora em retornar, to acessando o blogspot nao tão frequentemente.
abraço

E.Suruba disse...

O Everson mandou ver!

E.Suruba disse...

O Everson mandou ver!

Vivian disse...

...que união perfeita!

O Everson sempre lindo
e generoso encantando
em toda casa que se faz
presente.

parabéns aos dois lindos!

bjbj

Lorena Leina disse...

Menino que poema lindo. arrasou.
é um dos meus seguidores que mais participam. obrigada pelo carinho.
Sobre o post anterior: adoro essa música de chico buarque. é como se fosse descompromissada, sei lá.
é essa e joga pedra na geni. adoooooro. publica ela vai lá.
abração e xero.

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Que poema maravilhoso, muito inspirador! Meus parabéns ao seu amigo pelo dom!

Desculpe pelo meu sumisso, deixei uma explicação la no blog.. Rs'

Abraço Hugo, fique com Deus!

Germano Xavier disse...

Sempre no incentivo da boa palavra.

Continuemos, Hugo...

Moni disse...

amar já não é uma tarefa das mais fáceis.. amar sozinho é bem pior! beijos

Daniel Savio disse...

Cara, o amor só proibido quando não é vivido...

Fique com Deus, menino Hugo.
Um abraço.