segunda-feira, 13 de julho de 2009

Visível e Invisível


Entre as portas do visível e do invisível,
uma tênue barreira nos separa da eternidade.
Além da materialidade passageira das coisas,
fica o reino das coisas verdadeiras
que a gente carrega como um tesouro no coração.
Laços inquebráveis de um amor insuperável.
Ternuras profundas de uma amizade real.
Mãos que se selam como guardiãs de nossa caminhada.
Espíritos de luz iluminando nosso coração.
Fantasmas familiares como guias,
como forças de proteção.
Aí a gente vê que o tempo não vale nada.
O tempo é pó na estrada da evolução.


(autor desconhecido)

6 comentários:

Glayce Santos disse...

autor desconhecido bem coerente! ADOREI! O tempo não vale nada! E destrói tudo. Tudo? Enfim.
beijos

Vivian disse...

...lindo post.
linda mensagem, e não é
de autor desconhecido.

esta maravilha saiu da alma
linda que responde pelo nome
de Fábio Júnior...rss

um beijo, meu querido!

Marta disse...

Mensagem cheia de luz e ternura....
Linda...
Obrigada pela visita...
Volta, sim??
Beijos e abraços
Marta

Nanda Assis disse...

muito bacana.
boa semana.

bjosss...

Rafael disse...

Texto ótimo...perfeitooo.

Pelos caminhos da vida. disse...

Uma linda mensagem amigo.

Tem outro selinho lá esperando por vc.

beijooo.