terça-feira, 4 de novembro de 2008

Cuidado com as palavras


" Cuidado com as palavras pronunciadas em discussões e brigas, que revelem sentimentos e pensamentos que na realidade você não sente e não pensa... Pois minutos depois, quando a raiva passar, você delas não se lembrará mais... Porém, aquele a quem tais palavras foram dirigidas, jamais as esquecerá..."


(Charles Chaplin)

25 comentários:

Luciene de Morais disse...

Muita verdade!

Serginho Tavares disse...

é verdade
por isso eu sempre mando meu amigos tomarem no c* porque com raiva ou sem raiva vão gostar do mesmo jeito

Gerly disse...

Já dizem as Escritura: "Todo homem seja pronto para ouvir, tardio para falar e tardio para se irar." Tiago 1:19.

Se observássemos os conselhos bíblicos estaríamos resguardados de certos arrependimentos.

Bjokas!

:o)

Pelos caminhos da vida. disse...

Palavras:

ditas...

malditas...

beinditas...

depois que caem no universo, não tem mais como voltar atrás,pense muito bem qdo for falar alguma coisa.

Bom dia amigo!

beijooo.

Em Construção... disse...

VERDADE...
GOSTEI MUITO DAQUI...
BEIJUSS
DANY

deh disse...

poxa, eu acredito muito nisso, quando estou alterada, procuro não discutir nada, tento deixar para o dia seguinte. algumas pessoas não gostam de dormir com "ervilhas debaixo da cama" mas eu já tive experiências em que valeu a pena esperar um dia pra conversar de cabeça fria.

bjus

GUILHERME PIÃO disse...

Concordo,
Muitas não queremos dizer...mas muitas queremos sim e que normalmente não dizemos.
Abraços

Maria Dias disse...

Oi?

Demorei mas consegui passar por aqui.Já gosto de seus comentários no meu Avesso e agora mais ainda entrando no teu espaço. Legal teu blog e quero te linkar para voltar mais vezes e com bem mais calma para te ler(tudo bem?).Charles Chaplin era o homem!Um grande pensador vc foi mesmo feliz com a escolha.

beijinho

Crika

paula barros disse...

Essa é uma grande verdade.

Quantas e quantas vezes ferimos ou somos feridos com palavras, movidos pelo rompante do momento.

abraços

Glayce disse...

Quer homem mais sensato que o meu Chaplin?????

Beijos

Adoa disse...

A vida proporciona-nos alguma experiencia que sendo correta pode-nos alertar para essas situacoes.

Às vezes mantendo a boca fechada ganhamos mais do que preferindo agucadas palavras que irao ficar para sempre...
gravadas nos coracoes de quem amamos...

Little Pet disse...

isso eh a mais pura verdade e mt tem haver com a parada dos dois ouvidos e uma boca, das coisas que não voltam mais.

aiai, e as vezes as cicatrizes nunca se fecham

O Profeta disse...

Esta humilde folha solta
Este Vento que fala docemente
Abre-se a alegria da terra
Ai este Sol de sorriso presente

Um manto tecido pelas brumas da manhã
Uma mão segue o Sol outra a emoção
O orvalho que dança no celeste
Ganha a cor da exaltação



Convido-te a pintares o teu olhar com as cores do arco-íris



Abraço

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Amigo:
Não consigo comentar nada. Fiz um post a duras penas em memória a uma pessoa que perdi. Peço que me dê uma força, indo ao meu Blog.
Obrigada desde já,
Renata

Thiago disse...

esse Chaplin sabia das coisas!

Cadinho RoCo disse...

É sempre bom ter certa cautela com o dizer porque existem palavras com significados amplos demais e fáceis de serem distorcidas.
Cadinho RoCo

Késia Maximiano disse...

sabio Chaplin

Glayce disse...

É, tem um monte de Chaplin lá! Amo esse homem e tudo que ele carrega!

P*S Vc nunca lê os meus textos, né? =/

Tenha uma boa quinta!

Carla Silva e Cunha disse...

o aeu blog é muito interessante, parabens.

http://www.arte-e-ponto.blogspot.com

Pelos caminhos da vida. disse...

Post especial pra vc lá.

beijooo

Poeta Mauro Rocha disse...

O poder da palavra.

Bell Bastos disse...

Antes de tudo, a foto é digna, amei.

Bom, e realmente, medir as palavras é difícil, mas é necessário. ;D

Serginho Tavares disse...

te mandei um meme
outro


hehehe
beijo

Bill Stein Husenbar disse...

Totalmente verdade. Quando regressamos a nós é que percebemos realmente tudo o que aconteceu e dissemos.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Marcos Freitas disse...

palavras lançadas jamais poderão serem recolhidas, temos que tomar cuidado.